Land Rover Defender 90 e 110

Publicidade

Novo Land Rover Defender já à venda em Portugal

Texto: Redação
Data: 12 de Julho, 2020

O Land Rover Defender está já à venda em Portugal, com a carroçaria de cinco portas (Defender 110), motores a gasolina (300 cv e 400 cv) e diesel (200 cv e 240 cv), e preço a partir de 89 187€. No final do ano chega a versão curta (Defender 90), que custará menos 8000€.

O regresso de um ícone é algo que merece sempre uma saudação especial. É o que acontece com o Land Rover Defender, tido como o “pai” dos veículos capazes de ultrapassar os terrenos mais difíceis.

A terceira geração que agora é lançada a Portugal pretende prosseguir essa tradição mas a introdução das mais avançadas tecnologias promete acrescentar aos níveis de eficácia de referência características de conforto, versatilidade e segurança que ampliam largamente a disponibilidade para uma utilização quotidiana e em viagem.

LEIA TAMBÉM
Land Rover Defender. Eis as principais diferenças entre o novo e o velho

Além do nome, o novo Defender conserva a robustez e uma carroçaria cujas linhas angulosas repetem “levemente” para as origens. Ainda assim e mesmo sabendo-se que a legião de fans é vasta, Luis Ruiz, Administrador-Delegado da Jaguar Land Rover para Espanha e Portugal, não tem dúvidas em nomear o principal concorrente do novo Defender: “o Defender original”, diz.

A responsabilidade é, portanto, imensa e a marca britânica não regateou esforços para responder aos desafios. A carroçaria integralmente construída em alumínio, tal como a plataforma, permitem uma redução significativa do peso e um aumento da rigidez que, segundo os engenheiros britânicos, é três vezes superior àquela que seria possível obter com uma arquitetura convencional. Uma revelação importante já que se o peso é fundamental para eficácia energética e para a dinâmica em estrada, a rigidez não o é menos, para a abordagem confiante aos obstáculos mais difíceis.

Land Rover Defender

A paixão pelo todo-o-terreno

E este é o “assunto” favorito de um Land Rover e em especial do Defender. Mas para aprofundar essas capacidades a marca foi ainda mais longe. A suspensão pneumática independente de amortecimento variável possui agora um curso que pode chegar aos 500mm, a altura ao solo alcança os 291 milímetros, a capacidade de passagem a vau é de 900 mm e os ângulos TT são igualmente de referência (ataque: 38 graus, ventral 28 graus e de saída 40 graus).

A pensar naquilo que, para muitos, é sinónimo a designação Defender, o sistema Terrain Response evoluiu e é agora capaz de reconhecer o tipo de terreno, adaptando as funções essenciais (resposta ao acelerador, amortecimento, bloqueio dos diferenciais, altura ao solo) de forma automática. Entre as funcionalidades que mais se destacam está a possibilidade de regularmos a velocidade que queremos, por exemplo, abordar uma determinada descida, bastando-nos segurar no volante, já que a eletrónica resolve por si todos os problemas.

Land Rover Defender 2020

Motores a gasolina e Diesel, e sempre 4×4

Consoante a utilização (mas não só…), o Defender 110 pode contar com motorizações diesel ou gasolina, sempre com tração integral permanente e caixa automática de oito velocidades.

No primeiro caso estão disponíveis duas versões do bloco de quatro cilindros, com 2.0 litros de cilindrada, com 200 cv ou 240 cv de potência, ambos com 430 Nm de toque e um consumo médio anunciado de 7,6 L/100 km (199 g CO2/km).

LEIA TAMBÉM
O que é um microhíbrido (mild hybrid)?

Quanto à gama a gasolina é assegurada por um bloco de quatro cilindros com 2.0 L e 300 cv (400 Nm) e um seis cilindros de 3.0 L que recorre à tecnologia Mild Hybrid (48 V) que anuncia 400 cv (550 Nm) e prestações “arrojadas”, como é o caso da aceleração de 0-100 Km/h em 5,5 segundos, a que se junta um consumo médio de 11,2 L/110 Km (WLTP).

Equipamento completo com um toque digital

Mas a designação de “Defender do séc. XXI” utilizada pela Land Rover, não tem unicamente a ver com a ampliação das capacidades em estrada (maior conforto) e em todo-o-terreno.

A aposta da marca britânica é mais vasta e está bem patente no facto de o novo Defender contar no interior com tudo aquilo que a era digital veio tornar possível. É o caso do sistema de infoentretenimento Pivo Pro que nos permite, por exemplo, estar permanentemente ligados à internet, e a que se juntam os sistemas de segurança e ajuda à condução mais avançados.

Land Rover Defender

Com capacidade de reboque recorde de 3720 kg, o Defender 110 está disponível com níveis de equipamento S, SE e HSE, a que se juntam os “Packs” de equipamento Adventure Country, Explorer e Urban, com visual e dispositivos capazes de responder a todos os desejos e perfis de utilizador.

Não menos importante, podemos optar por configurações de habitáculo de cinco e sete lugares, neste caso em três filas de bancos, além de uma opção de seis lugares, resultante da modularidade do banco dianteiro que pode receber até três ocupantes.

Preços a partir de 89 mil euros

O preço do Defender 110 começa nos 89 187€, mas no final do ano estará disponível a versão de chassis curto, apenas com três portas, cujo preço deverá ser inferior em quase 8 000€.

Novidade importante com chegada nessa altura é a versão híbrida plug-in cujos detalhes não foram ainda revelados.