Mobieco

Publicidade

Novo software gratuito. Skoda Enyaq ganha potência de carga e funções

Texto: Francisco Cruz
Data: 16 de Agosto, 2022

O elétrico Skoda Enyaq iV acaba de ganhar maior potência de carregamento, a par de novas funcionalidades. Na base desta evolução, está o novo software ME3, que a marca pretende disponibilizar para os veículos já em circulação. Em Portugal, a TURBO apurou que o processo começará em breve.

A informação foi, de resto, divulgada pela própria marca checa, acrescentando que a atualização do software das baterias será feito de forma gratuita. Exigindo, apenas, que o proprietário leve o seu Enyaq iV a um dos concessionários oficiais, para que seja feita a atualização.

Segundo a TURBO apurou junto da filial nacional da Skoda, o processo deverá demorar cerca de cinco horas, sendo que, com esta atualização, os veículos ficam também preparados para receber as atualizações de software seguintes, já via wireless. Ou seja, sem necessidade de se deslocarem aos concessionários.

Primeiro modelo 100% elétrico na oferta da Skoda, o Enyaq iV continua a evoluir
Primeiro modelo 100% elétrico na oferta da Skoda, o Enyaq iV continua a evoluir

Ainda segundo a mesma fonte, as concessões da marca checa deverão começar, dentro de alguns dias, a contactar os proprietários das unidades Skoda Enyaq iV já em circulação, para agendar o dia e a hora em que deverão passar pelo concessionário escolhido. Sendo que, os próprios proprietários, também poderão tomar a iniciativa de contactar a concessão da sua preferência, para fazer o agendamento.

Otimizar tanto a bateria como o carregamento

De acordo com as informações divulgadas pela Skoda, esta atualização de software tem como principal objectivo otimizar, tanto a bateria, como o processo de carregamento da mesma.

LEIA TAMBÉM
Também com versão RS. Skoda apresenta o mais emocional Enyaq Coupé iV

Entre os novos recursos disponibilizados, surge, por exemplo, um novo modo, que limita o carregamento a 80% da capacidade total da bateria. Isto, como forma de não apenas ajudar à conservação deste importante componente, como também prolongar a sua vida útil.

Ao mesmo tempo, a potência máxima de carregamento também aumentará para 120 kW, no caso dos veículos com bateria de 62 kWh, e para 135 kW, nos automóveis com a bateria maior de 82 kWh.

Já os proprietários que atualmente têm uma potência máxima de carregamento limitada a 50 kW, necessitarão de instalar um acessório aprovado Skoda, que lhes permitirá beneficiar das novas vantagens.

Novidades também no infoentretenimento

Juntamente com estas melhorias na bateria, a atualização de software agora divulgada traz, ainda, alterações no sistema de infoentretenimento, a começar, por novos gráficos de carregamento e para a autonomia. Os quais incluem não somente a exibição do destino, como quaisquer paragens que sejam necessárias.

A atualização de software que passa a estar disponível traz várias vantagens e não apenas ao nível da bateria
A atualização de software que passa a estar disponível traz várias vantagens e não apenas ao nível da bateria

A par destas, melhorias, igualmente, no Virtual Cockpit e no Head-Up Display, além de e já na câmara traseira, uma melhoria das imagens, através de um maior contraste, e da visibilidade fornecida.

Já no volante, um dos botões permite que o motorista alterne entre o Controlo de Cruzeiro Adaptativo e o Assistente de Viagem.

ME3 de série a partir de agora

Ainda sobre este novo software ME3, importa igualmente referir que passa a surgir, de série, em todos os Enyaq iV produzidos a partir de agora, o que também deverá contribuir para que o primeiro modelo 100% elétrico da Skoda mantenha o trajecto de sucesso comercial que tem vindo a realizar até aqui.

O Skoda Enyaq iV mantém-se um sucesso de vendas na oferta da marca de Mlada Boleslav
O Skoda Enyaq iV mantém-se um sucesso de vendas na oferta da marca de Mlada Boleslav

Aliás e a demonstrá-lo, o facto de, segundo o próprio fabricante de Mlada Boleslav, ter já entregue mais de 70.000 unidades Enyaq iV a clientes, sinónimo de uma quota de 3,5%, naquele que é o atual mercado europeu de veículos 100% elétricos.