Mobieco

Porsche elétrico está mais perto que nunca

Texto: Nuno Fatela
Data: 28 Março, 2019

Estão a ser feitas as derradeiras fases de testes ao Taycan, com a particularidade do modelo testar em simultâneo a -35º e a +50º Celsius

Estando feita a promessa de lançar este ano um modelo que pretende revolucionar a mobilidade elétrica, e sabendo que o tempo não para, a Porsche continua a acelerar no desenvolvimento do Taycan. E revelou agora que já está na derradeira fase de provas a este modelo, num projeto que tem atravessado o mundo para garantir que o comportamento estará ao nível que se exige, tanto nas performances como na autonomia. Ou, dizendo por outras palavras, que “vai ser um verdadeiro Porsche”. E, como pode ver na fotogaleria, são bem expressivos os números relacionados com o desenvolvimento do Porsche elétrico.

6 - milhões de quilómetros que o Taycan vai percorrer em testes
30 - Países por onde passam as provas de desenvolvimento
35 - graus negativos que enfrenta na Escandinávia. Ao mesmo tempo, é avaliado com +50 º Celsius no Dubai
3000 - metros de altitude, o máximo atingindo durante a fase de evolução dos protótipos do Porsche elétrico
20 a 100%de humidade no ar encontrada durante as provas
100.000 - Ciclos de carga, com diferentes potências, que foram efetuadas durante os testes
1000 - Engenheiros, pilotos de testes e outros especialistas envolvidos neste projeto
20,6 - Quilómetros do Nurburgring que já foram percorridos... em modo virtual
3,5 - Segundos que vai demorar a aceleração 0-100 km/h
500 - A autonomia do Taycan será superior a 500 km
800 - Recorrendo a uma corrente elétrica de 800 volts, o Porsche elétrico poderá receber carregamentos mais rápidos, ganhando 100km de autonomia em 4 minutos

De momento decorrem testes na Escandinávia, bem perto do Círculo Polar Ártico, para avaliar a dinâmica de condução em gelo e na neve. Mas, ao mesmo tempo, o Porsche elétrico está a enfrentar o Verão Austral, com testes de performance e ajustes finais na África do Sul para um comportamento sempre exemplar. E com um lado positivo (permitam-nos a piada…), pois não haverá o risco de mudanças de comportamento consoante o depósito de combustível esteja cheio ou vazio…

Ainda mais quente que a África do Sul é o Dubai, onde decorrem provas sob calor extremo, analisando qual o efeito que isso tem na bateria do Taycan. O que revela a curiosidade de, ao mesmo tempo, o Porsche elétrico estar em provas com -35 º Celsius e com temperaturas acima dos 50 º Celsius. Agora, com os testes a aproximarem-se do fim, está cada vez mais próximo o lançamento deste modelo que já conta com mais de 20.000 encomendas.

 

Veja também:

A Turbo ao volante do novo Porsche 911 Cabriolet
Próximo Macan será elétrico
Porsche Cayenne Coupé revelado
Novo Mercedes A45 AMG também testa no gelo
Provas ao novo Série 1 reveladas pela BMW
Ford GT atinge 483 km/h numa milha
Porsche retoma produção do 911 GT2 RS para repor carros que afundaram

Partilhar