Últimos testes do BMW Série 1 M135i xDrive apresentados


Data: 27 Março, 2019

Além de dar a conhecer as fotos dos derradeiros testes aos protótipos de desenvolvimento do novo BMW Série 1, foi ainda confirmado o aumento da habitabilidade, novos elementos mecânicos como o controlo de tração oriundo do i3 e a presença na gama do M135i xDrive com 306cv

Preparando-se para responder ao imenso desafio colocado pelo novo Classe A, a BMW está a terminar o desenvolvimento da nova geração do Série 1. E deixa já a promessa de que a próxima evolução do modelo “combina características de condução impressionantes com um significativo aumento dos espaços interiores”. Para tal, foram confirmadas algumas estreias, como a já prometida chegada do sistema de tração desenvolvido para o BMW i3 aos modelos com motor de combustão, bem como um novo motor no M135 xDrive, precisamente com os mesmos 306cv do rival A35 AMG.

Esta versão (espera-se que surja abaixo do M140, que na atual geração oferece 340 cv) mais desportiva e entusiasmante recorre a um novo motor de quatro cilindros e dois litros de capacidade. Beneficiando da turboalimentação com a tecnologia TwinPower Turbo, está garantido que a potência vai ascender aos 306 cv, existindo ainda outras novidades para garantir um feeling mais desportivo e performances superiores. Como a introdução nos modelos de combustão do sistema de tração desenvolvido com o elétrico BMW i3, que permite antecipar a intervenção do controlo de tração.

Três vezes mais rápido a atuar, é referido que este sistema vem reduzir a “subviragem que apenas podem experimentar os veículos de tração dianteira”. O que, mesmo sem existir ainda a confirmação total, deixa pistas sobre a possível mudança do Série 1 para tração dianteira. O que até seria fácil de perceber se existir a partilha da plataforma com os Série 2 Active Tourer e Grand Tourer, e também com os Mini.

 

Outro dos destaques vai para a introdução do BMW Performance Control, para, através da intervenção na travagem, aumentar a agilidade do novo BMW Série 1. Para evoluir o comportamento do carro, foi também aumentada a rigidez estrutural do carro, por exemplo com soluções como um novo reforço em “V” na retaguarda. Por tudo isto, o responsável pelo desenvolvimento da nova geração do compacto germânico, Holger Strauch, afirma que “estamos a apresentar uma experiência de condução totalmente nova”.

Assegurando ainda que este “será um verdadeiro BMW com carácter individual”, fica também a garantia de maior espaço a bordo. Com a nova arquitetura de motores montados transversalmente e com um centro de gravidade mais baixo, foram já anunciandos mais 33mm de espaço para as pernas e mais 11mm na altura para a fila traseira de bancos. Além disso, também a bagageira ficou maior, crescendo 20l para um total de 380l. Apesar de ainda não ser conhecida a data de apresentação do novo BMW Série 1, o facto destas serem as últimas provas de desenvolvimento significa que não deve ser preciso esperar muito mais tempo para o conhecer em todo o seu esplendor.

 

Veja também:

X3M e X4M revelados pela BMW
Próximos M3 e M4 devem ganhar novos motores
Híbridos em destaque no espaço da marca bávara em Genebra
BMW e Mercedes aliadas na eletrificação
BMW prepara os carros do futuro em Portugal
Novo i4 já testa na neve e no frio da Suécia