Publicidade

No horizonte para 2023. Mercedes GLA prepara restyling

Texto: Francisco Cruz
Data: 9 de Setembro, 2022

Lançada no mercado em 2019, a atual segunda geração do bem-sucedido crossover compacto da Mercedes-Benz, o GLA, estará, neste momento, a preparar um restyling. Já para 2023.

A notícia é avançada pela britânica Autocar, com base na observação de protótipos do atual GLA, que a Mercedes tem vindo a testar, em pista, na Alemanha.

Segundo a mesma publicação, este restyling deverá trazer novidades, em particular, na frente e traseira, com destaque para a adopção de novas assinaturas de luz na dianteira, a prometer semelhanças com as do atual Classe C, além de uma atualização da grelha frontal.

Quanto às luzes traseiras, deverão receber, igualmente, retoques, passando a ostentar um design semelhante ao do SUV GLC.

Mercedes-Benz GLA 2020
Depois do CLA e da Shooting Brake, também o crossover GLA se prepara para dar a conhecer uma atualização

Finalmente e ao contrário do que aconteceu nos protótipos do CLA e da Shooting Brake, as unidade de desenvolvimento do futuro GLA já observadas, parecem manter as aplicações metalizadas, nomeadamente, na moldura dos vidros e na pega das portas, assim como na zona inferior do pára-choques traseiro.

A par destas alterações no exterior, a Autocar avança, igualmente, novidades no habitáculo, a começar, desde logo, com a atualização do conhecido sistema de informação e entretenimento MBUX, a par de um redesenhar da consola central.

Por outro lado e apesar de se tratar de um restyling, os testes em pista levam a pensar que o atualizado GLA possa apresentar, igualmente, uma nova afinação da suspensão, já que, debaixo do capot dianteiro, o mais certo é que nada mude. Mantendo-se a generalidade das motorizações conhecidas até aqui, inclusivamente, o híbrido plug-in, com uma autonomia 100% elétrica previsivelmente pouco acima dos 60 quilómetros.

LEIA TAMBÉM
Rival do ID.3. Mercedes prepara Classe A EV de posicionamento luxuoso

Quanto ao AMG GLA 45 S, atualmente a debitar 421 cv, pode muito bem e na sequência desta atualização, passar retirar um pouco mais de potência do mesmo quatro cilindros 2,0 litros turbo.

A terminar, recordar, apenas, que o mais que provável restyling do GLA, surge na sequência da atualização já realizada, tanto no Classe A, como no CLA. Sendo que, tal como aconteceu com estes últimos, também o GLA, uma vez atualizado, deverá registar um expectável aumento de preço.