Publicidade

Com V6 Nettuno… e EV de 761 cv. Maserati GranTurismo já chegou!

Texto: Francisco Cruz
Data: 3 de Outubro, 2022

A Maserati acaba de apresentar a mais recente geração daquele que é já um dos ícones da marca de Modena, o novo GranTurismo. Proposta que, além do bloco a gasolina Nettuno, estreia ainda uma versão 100% elétrica, Folgore, com 760 cv de potência! Chega no segundo trimestre de 2023, inicialmente, apenas a combustão.

Depois de ter começado por revelar a nova linguagem de design, a Maserati destapa, agora e por completo, aquele que é o seu novo GranTurismo, um coupé de duas portas cujas linhas inquestionavelmente familiares, espécie de evolução da linguagem de design exibida pelo antecessor, mas que também revelam um crescimento em toda as dimensões.

Baseado numa nova arquitetura fabricada em alumínio, magnésio e aço, o GranTurismo passa a ostentar um comprimento que roça os cinco metros (4,94 m), uma largura que fica perto dos dois metros (1,95 m), mas também uma altura que não excede os 1,35 m. Sendo que, nestas medições, vale a pena também salientar o facto da versão (supostamente) mais desportiva, Trofeo, ser ainda mais comprida – 4,96 m.

Maserati GranTurismo Trofeo
Maserati GranTurismo Trofeo

Entre os aspectos mais identitários neste Grand Tourer, surgem o capot dianteiro de formato tipo concha e com aberturas de ventilação integradas, a emblemática grelha recolhida com o emblema do tridente, os faróis montados em pára-lamas inspirados nos mais recentes MC20 e Grecale, os pára-lamas traseiros musculados e os finos farolins em LED dispostos na horizontal.

LEIA TAMBÉM
Confirmado motor V6 Nettuno. Maserati mostra o design exterior do GranTurismo

Ainda assim, diferenças, igualmente, entre as três versões propostas – Modena, Trofeo e Folgore -, com o 100% elétrico Folgore a exibir um pára-choques dianteiro com entradas de ar menores, além de uma grelha frontal de design diferente, jantes de 20 polegadas à frente e de 21 polegadas atrás com aerodinâmica melhorada, assim como uma traseira limpa de qualquer ponteira de escape.

Já a versão Modena, destaca-se por apresentar um pára-choques com acabamento mais escuro, enquanto o Trofeo exibe um acabamento mais desportivo, traduzido, desde logo, num lábio inferior dianteiro e um pequeno airelon no topo da tampa da mala, ambos em fibra de carbono.

Pelo contrário, iguais, são os tamanhos das rodas (20″ à frente, 21″ atrás), assim como a opção por uma traseira na qual se destacam as ponteiras de escape quádruplas!

Com o V6 Nettuno… mas também em modo EV

Passando às motorizações, uma oferta que começa com o já bem conhecido bloco V6 3.0 Twin Turbo a gasolina, desenvolvido pela própria Maserati e a que foi dado o nome de Nettuno. O qual, recorrendo a um carter húmido e tecnologia de desactivação de cilindros para maior eficiência, começa por anunciar uma potência base de 496 cv e  600 Nm de binário.

Com estes valores, mas também com o contributo de uma caixa automática de oito velocidades de origem ZF, a enviar a potência exclusivamente para as rodas traseiras, e de um sistema de cinco modos de condução – Comfort, GT, Sport, Corsa e ESC-Off -, o GranTurismo versão Modena consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em 3,9 segundos, assim como atingir uma velocidade máxima de 302 km/h.

Maserati GranTurismo Folgore
Maserati GranTurismo Folgore

Passando à versão Trofeo, o mesmo bloco Nettuno, mas a debitar 550 cv de potência e 650 Nm de binário, o que faz com que, juntamente com um diferencial eletrónico autoblocante, o modelo demore apenas 3,2 segundos para ir dos 0 aos 100 km/h, fixando como velocidade máxima (anunciada) os 320 km/h.

Finalmente e como novidade principal, a versão 100% elétrica Folgore e que é, desde já, o modelo de produção mais potente alguma vez construído pela Maserati – são 761 cv de potência e 1.350 Nm de binário, tudo isto conseguido por três motores elétricos de iman permanente, cada um capaz de oferecer 408 cv. Graças, também, à presença de uma bateria de 92,5 kWh, a qual, além de disposta em T, recorre a tecnologia importada da Fórmula 1.

Contando com um sistema de vectorização de binário, mas também com um modo de condução extra, denominado Max Range, o Maserati GranTurismo Folgore anuncia uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h em não mais que 2,7s e dos 0 aos 200 km/h em 8,8 segundos, culminando com uma velocidade máxima igual à do Trofeo: 320 km/h. Feito que nem mesmo o facto de ser o mais pesado dos três (2.260 kg, contra 1.795 kg das restantes versões), parece conseguir afectar.

O novo Maserati GranTurismo apresenta-se em três versões e com dois tipos de motorização: o V6 Nettuno e um sistema de propulsão elétrico, o primeiro da família Folgore
O novo Maserati GranTurismo apresenta-se em três versões e com dois tipos de motorização: o V6 Nettuno e um sistema de propulsão elétrico, o primeiro da família Folgore

Aliás, importa, também, referir que a versão Folgore é, igualmente, a mais equilibrada das três, com uma divisão de pesos perfeita – 50:50, graças ao posicionamento da bateria. Já o Modena e o Trofeo, anunciam uma divisão de pesos de 52:48, neste caso, devido à colocação do V6 à frente.

O interior? Aguardemos…

A terminar, salientar, ainda, o facto da Maserati não ter divulgado qualquer imagem do interior do GranTurismo, limitando-se a dizer apenas que, graças aos 2,92 metros de distância entre eixos, mas também ao design intrincado do tejadhilho, o modelo será capaz de acomodar quatro adultos. Oferecendo, ainda, um cockpit totalmente digital com painel de instrumentos de 12,2″, um head-up display, um ecrã central táctil de 12,3″ e mais um terceiro ecrã de 8,8″, para regulação do “comando climático digital mais simples e rápido do mercado”.

Num habitáculo em que deverá manter-se o incontornável relógio, embora também ele e a partir de agora, digital e de faces distintas, a promessa, ainda, de um sistema de infotainment capaz de reagir ao toque, gestos e comandos de voz, graças ao também atualizado Maserati Intelligent Assist, assim como de um sistema de som Sonus Faber de 1195W e 19 altifalantes. Sem esquecer e já no domínio da segurança e apoio à condução, um pacote ADAS a oferecer condução autónoma de Nível 2.

Chega em 2023

O novo Maserati GranTurismo apresenta-se anunciando a entrega das primeiras unidades para o segundo trimestre de 2023, a começar com as versões equipadas com motor V6 Nettuno, sendo que, só algum tempo depois, é que a marca prevê começar a entregar os primeiros Folgore.

Quanto a preços, ainda nada está definido, embora o fabricante de Modena não deixa de assumir, desde já, a promessa de que, a caminho, está igualmente uma variante GranCabrio, com capota de lona