Publicidade

É o mais popular de sempre. Lamborghini já produziu mais de 20.000 Huracán

Texto: Francisco Cruz
Data: 21 de Abril, 2022

Novo exemplo dos sucessivos recordes de produção e vendas em que tem vivido, nos últimos anos, a Lamborghini acaba de anunciar o derrubar de mais uma importante marca. Desta feita, com o Huracán, o qual acaba de ultrapassar a meta das 20.000 unidades produzidas.

Em produção desde 2014, mas também com um preço de entrada que, em Portugal, ronda os 270 mil euros, o Lamborghini Huracán está, hoje em dia, já em final de vida e à espera de sucessor.

No entanto e ao contrário do que aconteceu com o seu próprio antecessor, o Gallardo, que ao longo de 10 anos em produção (de 2003 a 2013), deu origem a um total de 14.022 unidades, o Huracán teve uma vida bem rica e exuberante. Amplamente demonstrada, de resto, não apenas no facto de ter necessitado de apenas cinco anos para alcançar aqueles que foram os números de uma vida, para o Gallardo,  mas também e principalmente, por chegar agora às 20.000 unidades fabricadas… e comercializadas.

O Lamborghini Huracán STO n.º 20.0000, com destino a um cliente residente no Principado do Mónaco
O Lamborghini Huracán STO número 20.000, com destino a um cliente residente no Principado do Mónaco

Quanto ao veículo que acaba ficando para a história como o 20.000° Huracán a sair da linha de montagem de Sant’Agata Bolognese, trata-se de uma versão Super Trofeo Omologata (STO), pintado num Cinza Mate, cujo destinado será um cliente residente no Principado do Mónaco. E que, certamente, aguarda ansiosamente pelo seu superdesportivo V10!

Doze versões… com o Sterrato como 13.ª

Aliás, importa recordar que este STO é apenas uma das 12 versões que já resultaram deste Huracán, o qual deu ainda origem a três outras versões, exclusivas para utilização em pista. Sendo que, a “família” não deverá ficar por aqui, já que, a caminho está uma 13.ª versão, para utilização em estrada, ainda que com um posicionamento um pouco mais offroad – modelo que foi já batizado de Sterrato e que a Lamborghini deverá revelar nos próximos meses.

LEIA TAMBÉM
Novo Lamborghini Huracán Tecnica desafia Porsche 911 GT3

Ainda sobre este novo carro, as informações já divulgadas apontam para que venha a ser o último Lamborghini a utilizar o já famoso V10, sem qualquer tipo de eletrificação, seguindo, dessa forma, a mesma linha do recentemente apresentado Huracán Tecnica.

Huracán – um modelo das Américas

Quanto ao Huracán e numa altura em que se aproxima do final de vida, os números já recolhidos pela Lamborghini revelam que 71% dos seus clientes optaram pelo Coupé, com a grande maioria (32%) a ter residência nos EUA. Logo seguido dos clientes do Reino Unido e, em terceiro lugar, da China.

A variante Coupé, neste caso do Huracán LP610-4, tem sido a que mais sucesso tem registado
A variante Coupé, neste caso do Huracán LP610-4, tem sido a que mais sucesso tem registado

Por outro lado e apesar dos oito anos que já leva, o sucesso do modelo teima em não diminuir, conforme demonstra o facto de 2021 ter sido o melhor ano de sempre para o Huracán, com um total de 2.586 carros vendidos.

De resto, neste momento, o superdesportivo V10 pode arvorar-se de ser, igualmente, o Lamborghini mais popular de sempre, ainda que, neste capítulo em concreto, a alegria do feito possa não durar muito. É que tudo aponta para que seja apenas uma questão de tempo até que o “irmão” Urus venha a suplantar todos estes números, especialmente, depois de, em apenas três anos de produção, ter já ultrapassado as 15.000 unidades.

O Lamborghini Huracán GT3 EVO, uma das versões para uso exclusivo em pista... e em competição
O Lamborghini Huracán GT3 EVO, uma das versões para uso exclusivo em pista… e em competição