Mobieco

Honda E Prototype revelado no Salão de Genebra

Texto: Filipe Bragança
Data: 27 Fevereiro, 2019

Este novo veiculo eléctrico representa a evolução do Honda EV concept de 2017.

A menos de uma semana da abertura do Salão Internacional Suíço, a Honda confirma  apresentação daquele, que diz ser, “o automóvel perfeito para a condução urbana”. O protótipo Honda E é parte fundamental da estratégia de electrificação da marca nipónica, confirmando a aposta da Honda nesta tecnologia.

O pequeno eléctrico foi desenhado a pensar no circuito urbano. O seu design ‘retro’ aposta na funcionalidade e na simplicidades das linhas, sem grandes dramas na carroçaria. Os espelhos retrovisores foram substituídos por pequenas câmaras e os puxadores das portas encontram-se embutidos nas mesmas, acentuando o perfil limpo deste compacto. Os japoneses optaram por colocar a abertura do carregamento do Honda E ao centro do capot, onde a cobertura envidraçada permite ver os indicadores de LED que informam do estado da carga da bateria.

Por debaixo da carroçaria podemos encontrar a primeira plataforma desenvolvida especialmente para os veículos eléctricos da marca. A distância reduzida entre os pára-choques são indicadoras da pré-disposição deste automóvel para ser ágil no ambiente urbano. As cavas das rodas acentuadas e os pneus largos dão um toque ‘sport’, que fazem lembram os ‘hot hatchbacks’ dos finais dos anos 80 e inicio dos anos 90. A escolha pela transmissão às rodas traseiras, reforça a ideia anterior.

 

No interior, o design moderno e minimalista domina o ambiente. Com um painel de instrumentos digital duplo, que pode ser personalizado e integrado com os aparelhos móveis de hoje em dia. As ajudas digitais culminam no centro de infotainment, totalmente digital deste compacto. O sistema de espelhos retrovisores é apresentado em lados opostos do tablier. Para além destas câmaras existe também uma traseira, que funciona como espelho retrovisor.

O Honda E Prototype oferece uma autonomia superior a 200 km e uma funcionalidade de ‘carga rápida’ de 80% da bateria em 30 minutos. A sua produção terá inicio no final deste ano.

 

Veja também:

Porque fechou a fábrica da Honda no Reino Unido?
Novo Porsche Macan será 100% eléctrico
Dieselgate: Compenações na Europa mais próximas
O novo Peugeot 208 também é elétrico