Mobieco

Publicidade

Exclusivo para a China. BMW desvenda i3 elétrico com 285 cv

Texto: Francisco Cruz
Data: 31 de Março, 2022

Depois do i4, a BMW acaba de divulgar, de forma semi-oficial, as primeiras imagens da nova variante 100% elétrica do Série 3, o i3. Proposta Infelizmente e pelo menos para já, destinada, em exclusivo, ao enorme mercado automóvel da China.

Numa altura em que, na Europa, já se aguarda a chegada do restyling do actual Série 3, o BMW i3 para o mercado chinês, onde adopta como designação oficial i3 eDrive35L, vem, assim e desde logo, mostrar um pouco daquilo que serão as renovadas linha da berlina de Munique, para o segmento C europeu. Ainda que com a marca alemã a recordar que esta é uma proposta desenhada, desenvolvida, com afinações e equipamento pensados exclusivamente para China.

Contudo, tão ou mais importante do que a divulgação das novas linhas da versão europeia, é, sem dúvida, o facto deste i3 ser o primeiro Série 3 na história do modelo, 100% elétrico. E, neste caso, envergando a mais recente geração do sistema de propulsão zero emissões da marca alemã.

A arquitectura elétrica do BMW i3 eDrive35L
A arquitectura elétrica do BMW i3 eDrive35L

De resto e sobre este sistema de propulsão, que partilha alguns componentes, quer com o iX3, quer com o i4 e com o iX, permite anunciar uma potência máxima de 285 cv e um binário máximo 400 Nm de binário, valores capazes de garantir uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h em 6,2 segundos.

LEIA TAMBÉM
Revolução no horizonte? China mostra transformação do BMW i3 em sedan

Quanto à autonomia, as informações divulgadas referem que o pack de baterias de 66,1 kWh deverá permitir a realizar de até 526 quilómetros com uma só carga, embora este seja um valor conseguido com base na norma chinesa CLTC, claramente bem mais vantajosa para os construtores automóveis, do que, por exemplo, o europeu WLTP.

Relativamente às capacidades de carregamento, o sistema elétrico do BMW i3 suporta potências de carga até 95 kW, o que permite recuperar até 80% da capacidade total, quando com as baterias ainda com 10% de carga, através de 35 minutos de ligação à tomada.

O i3 chinês deverá antecipar alguns aspectos da renovação estética preparada para o Série 3 europeu
O i3 chinês deverá antecipar alguns aspectos da renovação estética preparada para o Série 3 europeu

Sobre o automóvel propriamente dito e com as fotos agora divulgadas a centrarem-se apenas no exterior, por conhecer fica, ainda, pormenores sobre o habitáculo, com a BMW a revelar, no entanto, que este i3 contará com a versão mais recente do sistema de informação e entretenimento desenvolvido pela empresa, assim como com a tecnologia Digital Key. Já quanto à possibilidade de actualização Over-The-Air (OTA), solução que muitos fabricantes têm vindo a adoptar relativamente aos seus EV, a marca nada refere.

Finalmente, a BMW avança que este i3 contará com uma capacidade de carga na bagageira de 410 litros, ou seja, menos 70 litros que as versões impulsionadas por motores de combustão.

Recordar, ainda, que este i3 será produzido na fábrica da joint-venture BMW Brilliance em Lydia, na província chinesa de Shenyang, de onde sairá para o gigantesco mercado automóvel da China.