Mobieco

Publicidade

Autonomia do novo Renault Kangoo Van E-Tech pode chegar aos 300 km

Texto: Carlos Moura
Data: 3 de Novembro, 2021

Com comercialização prevista para a primavera de 2022, a versão elétrica do novo Renault Kangoo Van, denominada E-Tech vai oferecer uma autonomia de até 300 km. A linha motriz compreende um novo motor elétrico de 90 kW e uma bateria, também nova, de 45 kWh. A estreia oficial está marcada para o Salão Solutrans, em Lyon. 

No âmbito da estratégia de eletrificação de toda a sua gama de veículos comerciais, a Renault vai lançar uma versão elétrica da nova geração do Kangoo, que deverá começar a ser comercializada na primavera de 2022, devendo chegar as primeiras unidades ao mercado em junho de 2022. A apresentação oficial está marcada para o Salão Solutrans, que decorre em Lyon, entre os dias 16 e 20 de novembro.

O novo Renault Kangoo Van E-Tech será proposto em dois comprimentos de carroçaria – L1 e L2 – e estreia uma bateria de iões de lítio com uma capacidade de 45 kWh, instalada por baixo do piso de compartimento de carga, que oferece uma autonomia de até 300 quilómetros em ciclo WLTP (ainda em fase de homologação).

A linha motriz compreende igualmente um motor elétrico que desenvolve uma potência máxima de 90 kW e um binário de 245 Nm. Para otimizar o consumo e as prestações, o Kangoo Van E-Tech vai disponibilizar dois modos de condução – Normal e Eco – e três níveis de travagem regenerativa. 

Nova bomba de calor

Entre as novidades introduzidas pela Renault no Kangoo Van E-Tech destaque para a bomba de calor que está associada ao ar condicionado elétrico.

Quando combinado com o carregador de 22kW, o calor é retirado do ar em redor do veículo, para aquecer o compartimento dos passageiros, sem utilizar uma resistência eléctrica que consome mais energia. A bomba de calor funciona melhor quando a temperatura ambiente está entre -15°C e +15°C, um intervalo muito comum nas estações frias da maioria dos países europeus.

Para proporcionar uma maior conforto aos utilizadores, o novo furgão elétrico pode ser equipado, em opção, com aquecimento do pára-brisas, do volante e dos bancos. A Renault refere que também é possível programar remotamente o aquecimento do habitáculo ou o seu arrefecimento.

Para recuperar a capacidade da bateria, a Renault propõe três tipos de carregadores de bordo para o Kangoo Van E-Tech: 11 kW (série), 22 kW e 22 kW DC 75. Em função dos mesmos poderá ser possível recuperar até 170 quilómetros de autonomia em 30 minutos num posto rápido de 80 kW. Já num posto público de 22 kW, é possível carregar entre 15% e 80% da capacidade da bateria em 2h36 ou em 1h30 se forem utilizados carregadores de bordo de 11 kW ou de 22 kW, respetivamente. 

LEIA TAMBÉM
Renault apresentou novos Express Van e Kangoo Van em Portugal

A marca francesa acrescenta que o carregamento de 15% a 100% da capacidade da bateria pode demorar até 3h50 numa wallbox de 11 kW ou 6h00 numa wallbox de 7 kW.

Primeiras impressões

Num evento organizado pela Renault para os membros do júri do IVOTY (International Van of the Year) tivemos a oportunidade de conduzir os primeiros protótipos do Kangoo Van E-Tech. Exteriormente e conforme o leitor poderá constatar pelas imagens, a versão elétrica poucas diferenças apresenta relativamente à de motor de combustão interna. Como as baterias foram montadas por baixo do piso do compartimento de carga, as dimensões deste último também são semelhantes, enquanto a capacidade de carga é de 600 quilos na variante L1 e de 800 quilos na L2.

O interior já apresenta algumas diferenças, designadamente o painel de instrumentos específico e o seletor da transmissão. As informações relativas aos modos de condução seleccionados, à gestão de energia eléctrica e ADAS são apresentadas num, opcional, painel de instrumentos digital, totalmente personalizável de 10 polegadas, a cores.

No primeiro contacto dinâmico, o Kangoo Van E-Tech apresenta o comportamento habitual dos veículos elétricos em termos de aceleração, suavidade de condução e silêncio a bordo.

O Kangoo Van E-Tech oferece as mesmas carateristicas e equipamento do novo Kangoo Van, incluindo o engenhoso sistema “Open Sesame by Renault”, para a abertura lateral mais ampla do mercado, com 1.45m, a inovadora galeria interior retráctil “Easy Inside Rack”, o sistema multimédia “Renault Easy Link” associado a um ecrã de 8 polegadas, o cartão de chave mãos-livres; ou o travão de estacionamento automático.