Mobieco

Publicidade

É a luta pelo ceptro! Porsche Taycan Turbo S é o novo recordista de Nürburgring

Texto: Francisco Cruz
Data: 15 de Agosto, 2022

Depois de algumas notícias que davam conta de que a marca de Zuffenhausen estaria a tentar algo do género, eis que surge a confirmação, oficial: a Porsche acaba de estabelecer um novo recorde de volta mais rápida ao circuito de Nürburgring, para automóveis 100% elétricos de produção. O autor do feito foi o Taycan Turbo S… naturalmente.

Segundo informou a própria Porsche, um Taycan Turbo S conduzido pelo piloto de desenvolvimento da marca, Lars Kern, conseguiu realizar uma volta ao circuito de Nürburgring, em apenas sete minutos e 33 segundos. Tempo que representa um decréscimo de dois segundos, naquele que era o anterior recorde, pertença do Tesla Model S Plaid.

Ainda de acordo com a marca de Zuffenhausen, a unidade Taycan que conseguiu colocar o seu nome no livro dos mais rápidos em Nürburing estava equipada com um kit Performance. Pacote que, embora só deva estar disponível, exclusivamente para as versões Taycan Turbo S, lá mais para o final do ano, conta, desde logo, com jantes RS Spyder de 21 polegadas, revestidas por pneus Pirelli P Zero Corsa. Borrachas cujo composto é muito semelhante ao utilizado na competição, embora esteja aprovado para circulação na via pública.

A equipa responsável que, em conjunto com o Porsche Taycan Turbo S, obteve a volta mais rápida para veículos de produção em série, em Nürburgring
A equipa responsável que, em conjunto com o Porsche Taycan Turbo S, obteve a volta mais rápida para veículos de produção em série, em Nürburgring

Também parte deste kit de desempenho, cujo preço é de 13.377,32€ + IVA, mas cuja instalação obriga a deslocação às oficinas da Porsche em Zuffenhausen, Alemanha, uma atualização de software do Porsche 4D Chassis Control, de forma a que este funcione em harmonia com os novos pneus desportivos. Nomeadamente, através da análise e sincronização, em tempo real, de todos os sistemas que fazem parte do chassis.

LEIA TAMBÉM
Melhor software, maior autonomia. Porsche Taycan evolui com atualizações MY2023

Finalmente, presente, ainda, o  já conhecido Porsche Dynamic Chassis System, além de uma célula de segurança e bacquets de competição. Estes dois últimos, obrigatórios para que o veículo em questão pudesse concorrer ao recorde, com a vantagem de não terem alterado o peso final, que se manteve o mesmo dos veículos de série para entrega a clientes.

“Ainda mais preciso e ágil”

 “No passado, apenas os superdesportivos puros entravam nos 7:33”, recorda o piloto Lars Kern, acrescentando que, “com o novo kit Performance consegui forçar ainda mais, e o veículo estava ainda mais preciso e ágil”.

Já o vice-presidente para gama Taycan, Kevin Gieck, afirmou-se “encantado pelo recorde de Nürburgring para veículos elétricos estar novamente nas mãos da Porsche”, defendendo que, o tempo agora obtido, “não só mostra o potencial do nosso novo kit Performance, mas também confirma mais uma vez os genes de automóvel desportivo do Taycan”.

O recorde de Nürburgring não é o primeiro, para o Taycan Turbo S; pelo contrário, o modelo também já havia conquistado o recorde do veículo capaz de atingir a velocidade mais alta, dentro de um edifício
O recorde de Nürburgring não é o primeiro, para o Taycan Turbo S; pelo contrário, o modelo também já havia conquistado o recorde do veículo capaz de atingir a velocidade mais alta, dentro de um edifício

Recordar que o Porsche Taycan Turbo S anuncia uma potência de 625 cv (460 kW), embora, com o Launch Control ativo, o veículo consiga atingir até 761 cv (560 kW) de potência, desde o arranque.

Ainda sobre a marca obtida na volta ao traçado de 20,8 quilómetros, foi obtida com a presença de um notário, tendo a TÜV Rheinland confirmado que o automóvel que conquistou o recorde, era um modelo de produção.