Mobieco

Publicidade

Porsche. Cayenne E-Hybrid ganha maior autonomia elétrica

Texto: Redação
Data: 1 de Novembro, 2020

A Porsche acaba de anunciar um aumento da autonomia elétrica de todas as versões do Cayenne E-Hybrid, ou híbrido plug-in, as quais passam a anunciar um máximo de 48 quilómetros em modo 100% elétrico. Já disponível, para encomenda, no mercado nacional.

O aumento da autonomia, revela a marca de Zuffenhausen em comunicado, resulta da introdução de uma bateria de alta voltagem de maior capacidade, com 17,9 kWh, a substituir a anterior solução de 14,1 kWh.

Graças a esta evolução, as versões híbridas plug-in, ou PHEV, do Cayenne, passam, assim, a oferecer mais 30% de autonomia elétrica, face ao modelo em comercialização até aqui, com o ciclo WLTP EAER City a atribuir ao maior dos SUV Porsche, 48 quilómetros com zero emissões locais. Isto, enquanto o Turbo S E-Hybrid pode chegar aos 42 quilómetros.

Porsche Cayenne E-Hybrid

Recordar que as versões PHEV do Cayenne incluem um motor elétrico integrado na caixa automática Tiptronic S de 8 velocidades, a oferecer uma potência de 100 kW (136 cv) e 400 Nm, permitindo alcançar uma velocidade máxima de 135 km/h.

Para mais potência ou velocidade, a possibilidade de seleccionar um dos modos Sport ou Sport Plus, os quais ativam o motor de combustão interna, que no Cayenne E-Hybrid se traduz num V6 3.0 turbo com uma potência máxima de 250 kW (340 cv). O que, em conjunto com a componente elétrica, representa uma potência combinada de 340 kW (462 cv).

LEIA TAMBÉM
Porsche Cayenne Coupé: Teste de imagem

Já o Cayenne Turbo S E-Hybrid, recorre a um motor V8 biturbo com quatro litros de capacidade e 404 kW (550 cv) de potência, o que significa que a potência combinada é de 500 kW (680 cv).

Maior eficiência e performance do modo E-Charge

A par das motorizações, o aperfeiçoamento da eficiência e performance, desde logo, no modo E-Charge, cuja missão de carregar a bateria foi aliviada, passando dos 100%, para apenas 80%, na obrigatoriedade de repor carga, ao mesmo tempo que reduz a intensidade de carregamento, assim que começa a aproximar-se da nova marca-limite.

De acordo com a Porsche, esta nova estratégia permite, igualmente, assegurar a recuperação total de potência, em todos os momentos. Nomeadamente, mantendo um nível mínimo nas baterias, para que, mesmo nos modos orientados para a performance – Sport e Sport Plus -, seja possível um estilo de condução mais desportivo. Graças a um recarregamento feito a uma potência mais elevada e constante – no caso do Cayenne Turbo S E-Hybrid e com o modo Sport Plus ativado, a uma média de 12 kW.

A partir de 100 mil euros

Os novos modelos Porsche Cayenne E-Hybrid Model Year 2021 já estão disponíveis, para encomenda, em Portugal, com preços a partir de 100.382 euros.

Porsche Cayenne E-Hybrid Coupé
Porsche Cayenne E-Hybrid Coupé

No caso da versão Coupé, que apresenta um equipamento de série mais alargado, está disponível a partir de 105.303 euros.

Finalmente, o Cayenne Turbo S E-Hybrid, começa nos 186.326 euros, com o Coupé a iniciar-se nos 190.631 euros. Valor já com impostos incluídos.