Publicidade

Com preço de combate! Jeep anuncia Renegade 100% elétrico

Texto: Francisco Cruz
Data: 15 de Junho, 2024

Em processo de renovação de gama, iniciada com o novo Grand Cherokee em 2021 e, já depois disso, a apresentação das três variantes do estreante Wagoneer, a Jeep promete não ficar aqui. Isto, porque a caminho estarão mais três SUV, entre os quais, um novo Renegade 100% elétrico, com um preço abaixo dos 27 mil euros!

A revelação foi feita no último Dia do Investidor da Stellantis, grupo automóvel proprietário, entre outras marcas, da Jeep, e no qual, além de outras novidades, o fabricante revelou que, no caso da Jeep, a caminho estão, pelo menos, mais três SUV.

Aqui na versão e-Hybrid, o atual Jeep Renegade tem, a partir de agora, sucessor garantido. Embora e ao que tudo indica, muito diferente...
Aqui na versão e-Hybrid, o atual Jeep Renegade tem, a partir de agora, sucessor garantido. Embora e ao que tudo indica, muito diferente…

Segundo o plano de lançamentos desvendado no evento, o primeiro novo SUV a surgir no mercado será um novo Renegade, muito diferente do atual. Desde logo, por dispor, entre outras motorizações, de propulsão exclusivamente elétrica.

Agendado para 2027, este novo Renegade beneficiará de um preço verdadeiramente de combate, que o fabricante prevê que possa ficar “abaixo dos 25 mil dólares, a variante BEV [veículo elétrico a bateria]”. Ou seja, qualquer coisa como 26 948€, à cotação atual.

LEIA TAMBÉM
Jeep Renegade e Compass. Versões e-Hybrid já estão disponíveis em Portugal

Também em 2027, a Jeep prevê dar a conhecer um novo Compass, modelo que, tal como o Renegade, chegou a ser dado como a caminho do fim e sem sucessor previsto. Não se sabendo, no entanto, em que moldes a nova geração surgirá.

Finalmente, na calha está ainda um terceiro SUV, do qual pouco ou nada ainda se sabe, não possuindo, sequer, nome conhecido. Com o fabricante a designá-lo apenas como “Novo UV Mainstream” e a posicioná-lo como uma proposta para o segmento D-SUV.

O plano de produto da Jeep até 2027, aqui apresentado como para o mercado americano, ainda que com a maior parte dos modelos com exportação garantida
O plano de produto da Jeep até 2027, aqui apresentado como para o mercado americano, ainda que com a maior parte dos modelos com exportação garantida

Caso se confirme este posicionamento, o modelo competirá lado a lado com o Wagoneer S e com o Recon, este último, com lançamento previsto no mercado norte-americano já durante o próximo ano.

Crescer nos EUA… e no mundo

Finalmente e uma vez implementado este plano de lançamentos, a Jeep espera conseguir aumentar a sua quota de mercado nos EUA, dos atuais 45%, para 85%, ao mesmo tempo que deverá ver subir as vendas mundiais, de um milhão, para 1,5 milhões de unidades.

Jeep Gladiator. Foto: Turbo
Jeep Gladiator. Foto: Turbo

Ao mesmo tempo, a emblemática marca norte-americana de veículos todo-o-terreno espera poder expandir a sua presença industrial nos EUA, dos atuais 760 mil veículos produzidos por ano, para um milhão.

De resto, a Jeep também prevê ter, até 2027, um total de 10 SUV e uma pickup (a Gladiator) à venda no mercado norte-americano.