Publicidade

Sucesso estrondoso! Ferrari recusa mais encomendas para o Purosangue

Texto: Francisco Cruz
Data: 30 de Novembro, 2022

Quase apetece dizer que, problemas destes, qualquer construtor automóvel gostaria de ter! A Ferrari acaba de anunciar a interrupção do período de encomendas, para aquele que é o primeiro SUV da sua história, devido à enorme procura que o modelo, de nome Purosangue, está a registar. No fundo, a questão é: mas alguém acreditava que seria de outra forma?!…

Apresentado em meados de setembro de 2022, a verdade é que bastaram apenas alguns dias passados sobre a data de lançamento, para que o Director Comercial e de Marketing da Ferrari, Enrico Galliera, deixasse o primeiro aviso: as encomendas para o muito aguardado – e desejado! – Purosangue, poderiam vir a ter de ser temporariamente interrompidas, como forma de conseguir responder à procura.

Bem dito, bem feito – cerca de dois meses e meio após o arranque da comercialização, o mesmo responsável acaba de revelar, em declarações à revista australiana ‘The Drive‘, que a marca do ‘Cavallino Rampante’ suspendeu já a recepção de mais qualquer encomenda para o Purosangue, devido à demora que os clientes terão de enfrentar até conseguirem receber a sua unidade. Quanto? Cerca de dois anos, sensivelmente.

Ferrari Purosangue
Ferrari Purosangue

“Não é segredo algum que já deixámos de receber encomendas [para o Purosangue]”, afirma Galliera, recordando que “o interesse dos clientes foi imenso, apesar de ainda não termos entregue qualquer carro”. Assim, “tomámos uma decisão que pensamos ser consistente com o posicionamento, não apenas da marca, como também do próprio modelo”.

LEIA TAMBÉM
Com V12 de 725 cv! Primeiro familiar da Ferrari é o crossover Purosangue

Recordar que, já aquando da apresentação do modelo, a Ferrari havia dito não pretender “vulgarizar” aquele que é o primeiro SUV na sua história, garantindo, logo aí, que o Purosangue não poderia representar mais de 20% da produção anual da marca de Maranello.

De resto, o modelo, cuja entrega das primeiras unidades está prevista apenas para 2023, é mais caro do que praticamente todos os seus rivais, fruto também de uma oferta inicial, em termos de motorizações, constituída apenas e só por um V12. Ainda que a própria Ferrari também já tenha admitido que a plataforma está preparada para receber sistemas de propulsão híbridos.

O Purosangue é proposto, apenas e só, com um V12 6,5 litros a debitar 725 cv de potência
O Purosangue é proposto, apenas e só, com um V12 6,5 litros a debitar 725 cv de potência

No entanto e face à procura que tem vindo a registar, mesmo com um “simples” V12, acreditamos que a marca de Maranello não tenha muito pressa em aplicar-se no aumento da oferta…