Publicidade

Ao serviço da Presidência de França. DS apresenta o novo DS 7 Crossback Élysée

Texto: Francisco Cruz
Data: 12 de Novembro, 2021

Dando continuidade a uma já tradição de servir os presidentes da República de França, pelo menos, desde a declaração da V República, a DS prepara-se agora para entregar o mais recente veículo da frota presidencial gaulesa: o DS 7 Crossback Élysée.

Depois de, logo na sua tomada de posse, o actual Presidente de França, Emannuel Macron, ter descido os Champs Elysées a bordo do DS7 Crossback Présidentiel, eis que a também francesa DS dá agora a conhecer a próxima aquisição da frota presidencial, baptizado de DS 7 Crossback Élysée.

Baseado na versão DS 7 Crossback E-Tense 4×4 300, este novo DS 7 Crossback Élysée conta, desde logo, com um chassis alongado em 20 centímetros a partir do pilar B e, consequentemente, maior distância entre eixos, tornando-se, assim, num melhor local de trabalho, um verdadeiro escritório móvel. Graças, também, a uma área para pernas nos lugares traseiros que atinge os 545 milímetros.

Depois do DS 7 Crossback Présidentiel, esta é a nova "limousine" da Presidência de França
Depois do DS 7 Crossback Présidentiel, esta é a nova “limousine” da Presidência de França

Protegido por um sistema de blindagem integral, o DS 7 Crossback Élysée viu, ainda, o banco traseiro corrido substituído por dois bancos individuais, revestidos a cabedal Basalt Black com a assinatura ‘bracellet’ típica da DS Automobiles.

Entre os dois bancos, um apoio de braços, ao mesmo tempo que o tejadilho é revestido num material exclusivo em Alcantara.

LEIA TAMBÉM
Também com motorizações E-Tense. Novo DS 4 já disponível em Portugal

O espaço traseiro é completado por carregadores sem fios e tomadas USB, bem como um porta-documentos central, aberto.

Com um comprimento total de 4,79 metros, dos quais 2,94 m separam os dois eixos – inalteradas mantêm-se, contudo, a largura de 1,91 m e a altura de 1,62 m -, o novo veículo presidencial conta, ainda e já no exterior em Ink Blue, com luzes de emergência azuis e vermelhas na frente, porta-bandeiras destacáveis, as insígnias ‘RF’ no capô, nas portas dianteiras e a bagageira, bem como jantes especiais de 20 polegadas. Integrando, igualmente, uma antena do tipo “barbatana de tubarão”, destinada ao sistema especial de telecomunicações da Presidência.

As iniciais da República Francesa não faltam, também, no habitáculo do DS 7 Crossback Élysée
As iniciais da República Francesa não faltam, também, no habitáculo do novo veículo presidencial

Finalmente e como propulsor, o DS 7 Crossback Élysée recorre a um propulsor híbrido E-Tense com 300 cavalos de potência, acrescido de tracção integral.

A terminar, a DS avança, ainda, que o DS 7 Crossback Élysée fará a sua primeira aparição pública durante as cerimónias de Comemoração do Armistício, assinado a 11 de novembro de 1918, marcando, aí, a sua entrada ao serviço na frota oficial da Presidência da República de França.

Envergando uma cor exterior denominada Ink Blue, ou Azul Tinta, a assinatura luminosa do DS 7 Crossback Élysée não deixa de se destacar
Envergando uma cor exterior denominada Ink Blue, ou Azul Tinta, a assinatura luminosa do DS 7 não deixa, ainda assim, de se destacar