Publicidade

Também o SQ5. Novo Audi Q5 Sportback já disponível na Alemanha… com Diesel

Texto: Redação
Data: 27 de Novembro, 2020

Apresentada durante o último mês de setembro, a nova geração Audi Q5 Sportback acaba de entrar em comercialização no mercado interno da Alemanha, e com cereja no topo do bolo: a par das motorizações mais convencionais, disponível passa a estar, igualmente, o SQ5; também ele com motor Diesel!

Anunciando, desde logo e como principal diferença, para os restantes irmãos, um perfil traseiro de tejadilho particularmente picado, o novo Audi Q5 Sportback destaca-se, também, por “roubar” 16 mm na altura para os passageiros dos bancos traseiros, além de cerca de 40 litros, na capacidade da bagageira. A qual passa, assim, a oferecer 510 litros.

Audi Q5 TDI Sportback

Em contrapartida, o Q5 Sportback anuncia, igualmente, um melhor coeficiente de aerodinâmica (0.30), além de poder envergar um banco traseiro passível de ser deslocado lateralmente, e com encostos ajustáveis. Opcional, naturalmente…

LEIA TAMBÉM
Chega em 2021. Audi desvenda novo SQ5 TDI com revisto V6 TDI

Falando de motores, uma oferta constituída por três motorizações, das quais faz parte um 2.0 litros TDI com 204 cv e 400 Nm de binário, conjugado com um sistema Mild Hybrid de 12V; um 3.0 TDI de 286 cv e 620 Nm, apoiado por um sistema híbrido de 48V; e, finalmente, um 2.0 TFSI de 265 cv e 370 Nm, a que se junta o mesmo sistema Mild Hybrid de 12V do primeiro bloco.

Audi Q5 TDI Sportback

Daqui a mais alguns meses, a Audi promete disponibilizar mais uma variante do 2.0 TDI, com potência e binário a anunciar.

Com caixa automática e suspensão adaptativa

Quanto a transmissões, o mais potente dos TDI surge emparelhado, de série, com uma caixa automática de oito velocidades, ao invés da transmissão automática de apenas sete relações, disponibilizada com as outras motorizações. Sendo que, a acompanhar, é possível encontrar ainda um sistema de tracção integral quattro e um diferencial mecânico central.

Audi Q5 TDI Sportback

Opcionalmente, qualquer uma das motorizações pode receber , em substituição dos amortecedores adaptativos, uma suspensão a ar igualmente adaptativa, a qual apresenta como principal benefício, o facto de poder ser ajustada em altura até 60 mm, aumentando, dessa forma, a distância ao solo até 45 mm, ou então, diminuindo-a, em até 15 mm, quando a velocidades mais elevadas. Quando parado, o abaixamento da carroçaria pode chegar aos 55 mm.

Passando ao interior do habitáculo, poucas ou nenhumas diferenças face ao Q5, inclusive, no equipamento e tecnologia. O que, por exemplo, garante a presença da terceira geração do conhecido sistema de infoentretenimento MIB, conjugado com um painel de instrumentos digital de 12,3″. E que pode ser ativado por voz.

Audi Q5 TDI Sportback

SQ5 TDI a acelerar 0-100 km/h em 5,1 segundos

Finalmente e falando especificamente da “cereja no topo do bolo”, o SQ5 TDI Sportback, destaque, natural, para o 3.0 TDI também disponível no Q5, embora e no caso da versão mais desportiva, com potência aumentada para os 341 cv e o binário elevado aos 700 Nm. Este último, disponível entre as 1500 e 3250 rpm.

Graças a estes predicados, uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h que a Audi fixa nos 5,1 segundos e a que acrescenta uma velocidade máxima limitada electronicamente aos 250 km/h.

Audi SQ5 TDI Sportback

Já disponíveis para encomenda

Embora ainda sem data de chegada prevista a Portugal, tanto o Q5 Sportback, como o SQ5 Sportback, estão já disponíveis para encomenda na Alemanha, embora sem preços ainda conhecidos.

Quanto à entrega das primeiras unidades, só deverá acontecer durante a primeira metade de 2021.

Audi SQ5 TDI Sportback