Mobieco

Publicidade

EHybrid é o nome. Volkswagen Tiguan e Arteon ganham motorizações PHEV

Texto: Redação
Data: 8 de Abril, 2021

A Volkswagen acaba de alargar a sua oferta, em Portugal, nas gamas Tiguan e Arteon, com a introdução da motorização híbrida plug-in. Disponível com dois patamares de potência, este novo PHEV está já disponível, entre nós, com preços a partir de 41.730 Euros.

Procurando dar continuidade ao esforço de electrificação, também em Portugal, a Volkswagen acaba de introduzir a sua mais recente motorização híbrida plug-in (PHEV), denominada e-Hybrid, tanto na nova geração do SUV Tiguan, como na nova família Arteon, sedan e Shooting Brake.

No caso do Tiguan, esta motorização híbrida plug-in, que tem por base um motor a gasolina 1.4 TSI de 150 cv, acrescido de um motor de accionamento elétrico a proporcionar mais 115 cv e uma bateria de iões de lítio, com um sistema de energia de 13 kWh, anuncia, assim, uma potência máxima de 245 cv. Além de oferecer, igualmente, a possibilidade de circulação em modo exclusivamente elétrico, mediante o accionamento do E-Mode.

Disponível com os níveis de equipamento Life e R-Line, o Tiguan eHybrid vê, no entanto, variar a sua autonomia elétrica, segundo a versão: 57 km no Life, contra 55 km do R-Line. Isto, já segundo a nova norma WLTP.

Recorrendo, igualmente, ao sistema de navegação, o Volkswagen Tiguan eHybrid consegue colocar em prática uma estratégia preditiva, em termos de consumo de energia, ao levar em linha de conta as incidências do percurso, para minimizar a utilização, tanto da gasolina, como da eletricidade existente nas baterias.

Ainda em termos de tecnologia, destaque, nesta versão, para a possível inclusão dos opcionais assistente à condução “Travel Assist”, que pode ajudar na direção, travagem e aceleração, a velocidades até 210 km/h, e do “Emergency Assist”, capaz de efetuar uma “travagem” de emergência, assim que deixa de registar a atividade do condutor, alertando-o e tentando reanimá-lo. Contudo e se daí nada resultar, o próprio automóvel consegue imobilizar-se, de forma controlada e dentro dos limites do sistema, ajudando a evitar um eventual acidente.

LEIA TAMBÉM
Volkswagen Tiguan eHybrid. Um novo PHEV com energia para 50 km

Já o assistente de travagem de emergência “Front Assist”, com sistema de deteção de peões, pode ajudar a mitigar as consequências de um acidente.

Ainda no domínio da tecnologia, mas para o conforto, a introdução da plataforma modular de infotainment de terceira geração (MIB3), a qual integra já a app-Connect Wireless (integração sem fios de aplicações para smartphones), além da “transformação” dos comandos do Air Care Climatronic, os quais passam a ser tácteis e iluminados.

Arteon eHybrid com 218 cv e autonomia de 59 km

Já sobre o Arteon eHybrid, a Volkswagen revela que o modelo conta com a mesma solução de propulsão híbrida plug-in do Tiguan, a qual, neste sedan, não apenas garante uma potência combinada de 218 cv, mas também uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 7,8 segundos.

Em termos de autonomia elétrica, o Arteon eHybrid anuncia a capacidade de fazer até 59 km, recorrendo para tal à bateria de 10,4 kWh, a qual ajuda, também, a que o modelo possa prometer um consumo combinado de gasolina na ordem dos 1,3 l/100 km, a par de um consumo combinado de eletricidade, de 15,5 kWh/100 km.

Quanto ao carregamento das baterias e a exemplo do que acontece com o Tiguan, esta versão do Arteon precisa apenas de 3h50 para repor a totalidade da capacidade, desde que utilizando no carregamento o opcional ID.Charger. Sendo que a MOON, empresa do mesmo grupo da SIVA, disponibiliza, ainda, outras soluções de mobilidade elétrica, cuja capacidade máxima de carga pode chegar aos 75 kWh.

Especificamente para o Arteon, berlina e Shooting Brake, a presença de um modo mais desportivo, denominado ‘S’, e que pode ser accionado através de um toque no selector de mudanças. Sendo que, um novo toque, significa a passagem ao modo de condução ‘D’.

O Volkswagen Arteon eHybrid e eHybrid Shooting Brake está disponível com os níveis de equipamento Elegance e R-Line, os quais asseguram, de série, diversos equipamentos de conforto e design, como é o caso dos farolins traseiros 3D LED com indicadores de mudança de direção dinâmicos, o Digital Cockpit Pro e o sistema de navegação Discover Media com streaming e internet.

Preços a partir de 41.730€

Finalmente e no que diz respeito aos preços das novas versões eHybrid do Tiguan e do Arteon, a Volkswagen Portugal anuncia um valor de entrada, no caso do SUV, de 41.730 euros (1.4 TSI DSG Life PHEV). Isto, ao passo que o R-Line começa nos 42.742 euros, montantes ainda sem pintura metalizada ou despesas administrativas.

Passando ao Arteon eHybrid, preços a partir de 50.788 euros (1.4 TSI Plug-in Hybrid Elegance) e de 51 843 euros (Shooting Brake 1.4 TSI Plug-in Hybrid Elegance), enquanto as versões mais equipadas apresentam valores de 51.865 euros (1.4TSI Plug-in Hybrid R-Line) e de 52.923 euros (Shooting Brake 1.4TSI Plug-in Hybrid R-Line). Também aqui, preços sem pintura metalizada e sem despesas administravas.