Mobieco

Publicidade

Toyota lidera patentes mundiais de baterias sólidas

Texto: Carlos Moura
Data: 15 de Julho, 2022

O maior número de patentes mundiais de baterias sólidas pertence à Toyota que deverá estrear esta tecnologia na futura geração do híbrido Prius. Nos dois lugares imediatos nesta área aparecem mais duas empresas japonesas: Panasonic e Idemitsu Kosan.

A Toyota tem o maior número de patentes de baterias sólidas em todo o mundo, revela um estudo publicado pela Nikkei Asia, que também indica que os japoneses são líderes mundiais nesta área, seguidos, a alguma distância, pelos sul-coreanos.

A Nikkei Asia refere que a posição  de destaque da Toyota está relacionada com o número de 1331 patentes que detém. O segundo lugar é ocupado pela Panasonic, com 445 patentes, surgindo depois a Idemitsu Kosan com 272, sendo que a maioria delas é relativa aos metais que constituem este tipo de baterias. Fora do pódio aparece a Samsung.

Toyota LQ Concept apresentado em 2019

De salientar que a Toyota e a Panasonic têm vindo a trabalhar em conjunto no desenvolvimento de baterias de estado sólido, na sequência de uma joint-venture estabelecida em 2020. O construtor automóvel aumentou o número de patentes detidas em 40% entre 2016 e 2020. 

Estreia prevista no Prius

A Toyota planeia instalar a sua primeira bateria em estado sólido num modelo híbrido que deverá ser lançado nos próximos anos. Algumas fontes referem que a nova geração do Prius deverá ser a primeira a receber baterias em estado sólido.

LEIA TAMBÉM
Baterias sólidas ganham autonomia com carregamentos

O protótipo que antecipa o primeiro Toyota elétrico com baterias em estado sólido seria um crossover que a marca previa revelar em 2021, o que não veio a acontecer. Provavelmente poderá ser apresentado em breve, mas o modelo de produção só chegará depois de meados da década. O principal factor que impede a popularização das baterias de estado sólido é o seu custo demasiado elevado.

Os sul-coreanos parecem estar a recuperar terreno. Além disso existem outras empresas a apostar na pesquisa de baterias sólidas e uma das mais recentes é a VinFast do Vietname, que recentemente anunciou que iria investir numa startup de baterias chamada ProLogium.