Mobieco

Publicidade

Em híbridos. Toyota promete baterias de estado sólido no mercado até 2025

Texto: Francisco Cruz
Data: 7 de Janeiro, 2022

Conhecido o envolvimento da marca nipónica no desenvolvimento da tecnologia, a Toyota acaba de fixar uma data para o lançamento no mercado de um carro com baterias de estado sólido. E, já não falta tanto quanto isso!…

O anúncio da comercialização desta nova tecnologia, instalada num modelo de produção, foi feito, à margem do CES 2022, pelo cientista-chefe e responsável máximo pelo Toyota Research Institute, Gill Pratt. O qual, em declarações à Autoline, não só reafirmou aquilo que o responsável máximo pela estratégia de eletrificação e motores da Toyota, Thiebault Pâquet, já havia dito, em dezembro último, à britânica Autocar – de que as baterias de estado sólido chegarão, não num EV, mas num híbrido -, como garantiu, ainda, que o lançamento no mercado de um carro com este tipo de baterias, acontecerá ainda na primeira metade desta década!

Tomando em consideração que estamos a começar 2022, tal significará que, o primeiro híbrido Toyota com baterias de estado sólido, estará em comercialização, o mais tardar, dentro de três anos, ou seja, em 2025.

Ao contrário do que seria de esperar, será um modelo híbrido, e não um EV, a estrear as novas baterias de estado sólido
Ao contrário do que seria de esperar, será um modelo híbrido, e não um EV, a estrear as novas baterias de estado sólido

Falando sobre uma tecnologia que é já considerada o próximo passo na evolução das baterias para veículos elétricos, uma vez que prometem não apenas um carregamento mais rápido, como também uma autonomia consideravelmente maior, Gill Pratt garantiu que o desenvolvimento está a decorrer de acordo com o cronograma definido, não deixando de explicar, igualmente, as razões que levaram o fabricante a optar pela estreia desta solução num híbrido, ao invés de num veículo elétrico.

LEIA TAMBÉM
Parte de uma estratégica maior. Toyota apresenta 15 novos EV para o futuro

Segundo este responsável, numa altura em que os preços de aquisição dos veículos elétricos são, já hoje em dia, um óbice à disseminação desta solução de mobilidade, face aos veículos com motores de combustão, a integração de baterias ainda mais caras, como é o caso das de estado sólido, prejudicaria, ainda mais, a implementação da Mobilidade 100% Eléctrica. Sendo que, nem mesmo o facto de estarmos ainda a três anos do lançamento, deverá tornar mais desanuviada, esta realidade.

Assim, definido estará já, no seio da Toyota, que as baterias de estado sólido começarão por aparecer nos híbridos. Nos quais a dimensão das mesmas é bem mais pequena, tornando-se, por isso, mais baratas e não sobrecarregando tanto o preço final do veículo.

Baterias de estado sólido
Baterias de estado sólido

De resto, a Toyota também vê os híbridos como um melhor ambiente de testes para estas novas baterias, uma vez que, explica Gill Pratt, os ciclos de carga e descarga são mais pronunciados do que num EV. Tornando-se, dessa forma, um “teste mais difícil” para a nova tecnologia.

O futuro

No futuro e já com a tecnologia mais disseminada… e barata, as baterias de estado sólido acabarão por, naturalmente, chegar aos elétricos, podendo mesmo vir a ser instaladas em propostas desportivas e de elevado desempenho, defende a Toyota.

O Lexus Electrified Sport Concept
O Lexus Electrified Sport Concept

A “anunciá-lo”, o desvendar do Lexus Electrified Sport, um concept que antevê um desportivo 100% elétrico, equipado com baterias capazes de garantir autonomias na ordem dos 700 quilómetros. Mas, também, capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de 2 segundos!…