Publicidade

Model Y. Tesla pode vir a vender veículos feitos como teste a clientes

Texto: Francisco Cruz
Data: 14 de Julho, 2022

Ainda durante a fase de afinação do próprio processo de produção, a Gigafactory da Tesla em Berlim, Alemanha, terá produzido um total de duas mil unidades do Model Y, que, tendo como única finalidade ajudar nos acertos finais da linha de montagem, poderão agora e segundo avança a imprensa alemã, vir a ser entregues a clientes.

A notícia foi inicialmente avançada pelo jornal alemão Märkische Oderzeitung, com base num documento recente da própria Gigafactory Berlim, que o site Teslarati terá posteriormente difundido. Sendo que, neste documento, a marca norte-americana admitirá a possibilidade de entregar a clientes, pelo menos, algumas das unidades de teste, fabricadas pela Gigafactory de Berlim, do Model Y.

Produzidos com o propósito de ajudar à afinação de todas as etapas de produção, estes veículos de teste são, tradicionalmente, abatidos ainda na fábrica, não servindo para entrega a clientes.

A Gigafactory da Tesla em Berlim
A Gigafactory da Tesla em Berlim

No caso da Tesla e da Gigafactory de Berlim, os números iniciais previam a produção de 250 unidades de teste, as quais deveriam ser posteriormente descartadas. Contudo e com o evoluir do processo de afinação, a produção realizada terá chegado às 2.000 unidades.

LEIA TAMBÉM
Diz Musk. Produção do Tesla Model Y em Berlim começa ainda em 2021

Conforme recorda o site InsideEVs, este aumento no número de veículos de teste acabou tornando-se algo maior do que o inicialmente previsto, pois, uma coisa é aceitar um prejuízo de 250 unidades e, outra, completamente diferente, é ver esse mesmo prejuízo chegar às 2.000 unidades.

Entretanto e com a Gigafactory de Berlim a preparar-se para entrar num período de atualizações, o documento difundido pela Teslarati veio levantar a possibilidade da Tesla apenas se ter livrado das primeiras 100 unidades de teste produzidas. Enquanto as restantes, cujo nível de qualidade for considerado “bom”, a marca norte-americana entenderá que deverão poder ser usadas sem restrições significativas. Inclusive, vendidas a clientes.

Tesla Model Y
Tesla Model Y

Embora esta última possibilidade seja, pelo menos para já e segundo refere o InsideEVs, algo que são os media alemães a depreender, a verdade é que, neste momento, aguarda-se uma reacção da parte da Tesla, capaz de esclarecer a situação.

Isto, ao mesmo tempo que, na Gigactory de Berlim, o processo de atualização é expectável que fique concluído até à última semana de julho de 2022, altura a partir da qual a marca norte-americana deverá ser capaz de aumentar os níveis de produção do Model Y, na infraestrutura alemã.