Mobieco

Publicidade

Dúvida de Elon Musk. Produção da Tesla será de 10 ou 20 milhões de veículos em 2030

Texto: Carlos Moura
Data: 30 de Março, 2022

Elon Musk ainda não sabe bem se a Tesla irá produzir dez ou 20 milhões de veículos por ano em 2030. Muitos não acreditam nesse objetivo, mas o patrão da Tesla afirmou durante a inauguração da fábrica de Berlim que poderá ser possível. O volume total é a dúvida que ainda persiste.

O patrão da Tesla tem objetivos muito ambiciosos para a marca que veio popularizar os automóveis elétricos. Durante a inauguração da fábrica de Berlim, Elon Musk voltou a frisar que a empresa poderia vender 20 milhões de unidades por ano daqui a dez anos. 

Curiosamente também o melhor cenário possível seria a Tesla fabricar dez milhões de veículos elétricos por ano.

Tesla Model 3 e Model Y

Esta não é a primeira vez que Elon Musk avançou com o número 20 milhões. Na verdade, em setembro de 2020 afirmou a Tesla “provavelmente” iria produzir 20 milhões de veículos por ano em 2030, um objetivo que muitas pessoas consideram ser impossível de atingir.

“Penso que é audacioso, mas não possível, podermos fazer 20 milhões de carros daqui a dez anos,” afirmou Elon Musk em Berlim. “E esse seria um bom número que atualmente estão em circulação dois mil milhões de automóveis e camiões em todo o mundo e, por isso, 20 milhões seria um por cento da frota mundial por ano”.

LEIA TAMBÉM
Preços e entregas definidos. Tesla Model Y já chegou em Portugal

Antes destas declarações e quando questionado acerca do melhor cenário para a produção da Tesla, Elon Musk respondeu: “Suponho que dez milhões”.

Aumento de produção inevitável 

A Tesla vendeu menos de um milhão de veículos em 2021 e se conseguisse vender 20 milhões de automóveis num único ano, isso seria o mesmo que a produção combinada da General Motors e do Volkswagen Group.

Todavia, existem poucas dúvidas acerca do aumento da produção e das vendas da Tesla nos próximos anos. A fábrica de Berlim tem capacidade para produzir 500 mil veículos por ano em 2025, enquanto a unidade de Fremont pode expandir a produção anual para 600 mil veículos.

Além disso, a fábrica de Austin pode atingir os 400 mil veículos e a fábrica da China tem uma capacidade instalada de 864 mil unidades, estando nos planos da Tesla construir uma segunda fábrica naquele país do Extremo Oriente.

Naturalmente que a materialização desta capacidade instalada não pode ser dada por adquirida porque estão a ser lançados cada vez mais veículos elétricos pelos grandes construtores, o que já está a um efeito na quota de mercado de veículos elétricos da Tesla.