Publicidade

Phantom Orchid. A última obra de arte da Rolls-Royce antes do restyling

Texto: Redação
Data: 1 de Fevereiro, 2022

Numa altura em que o facelift do Phantom já se encontra em fase de testes, a Rolls-Royce ainda conseguiu ter tempo para fazer, junto do seu departamento de personalização, um último pedido especial: o Phantom Orchid.

A Rolls-Royce está a preparar uma actualização ao seu porta-estandarte, o Phantom, a qual poderá incluir um pequeno lavar de cara, além de uma actualização do interior, de forma a acomodar um novo sistema multimédia.

No entanto, isso não impediu o departamento de personalização da marca de Westhampnett, responsável pela criação de unidades exclusivas como o Phantom Oribe ou o Phantom Koa, de avançar com um último trabalho, baseado na atual geração do modelo – o Phantom Orchid.

O trabalho realizado pela artista Helen Amy Murray, em conjunto com o departamento de personalização da Rolls-Royce, é simplesmente excepcional
O trabalho realizado pela artista Helen Amy Murray, em conjunto com o departamento de personalização da Rolls-Royce, neste Phantom Orchid, é simplesmente excepcional

Esta “peça” foi criada em colaboração com Helen Amy Murray, artista e designer têxtil de renome, tendo sido necessárias mais de 200 horas de trabalho, realizadas por uma equipa de seis pessoas. No total, a conclusão deste exemplar acabou, assim, demorando dois anos.

LEIA TAMBÉM
Só não poderá comprá-la! Eis a primeira e única pick-up Rolls-Royce

De acordo com informação partilhada pela Rolls-Royce, a artista começou por inspirar-se em diferentes tipos de orquídeas, incluindo a Orquídea de Singapura. “Apercebi-me rapidamente de que a cor era essencial para capturar a essência da planta”, afirma a artista, sobre uma flor que, refere o fabricante inglês, simboliza a beleza, a elegância e a resistência.

O desejo de conceber algo fidedigno na cor levou a que, quer a artista, quer o departamento de personalização da marca britânica, optassem por uma impressão em cetim de seda acetinado, com a posterior realização das flores em camadas adicionais de tecido, para um efeito tridimensional. Trabalho que cobre uma grande parte do tablier.

Até mesmo as mesas retrácteis tipo avião são uma verdadeira obra de arte
Até mesmo as mesas retrácteis tipo avião são uma verdadeira obra de arte

Mas há mais. A cobertura das mesas retrácteis nas costas dos bancos é também personalizada, em Piano Black, e com grafismos de orquídeas criados por Yohan Benchetrit, designer da Rolls-Royce. Sendo que este padrão surge, igualmente, impresso nas soleiras das portas e nos guarda-lamas frontais.

Ainda no habitáculo, estas personalizações são aplicadas em conjunto com estofos Grace White, Havan, e Smoke Grey com costuras Dark Olive.

O esboço que orientou os artistas na criação de mais um Rolls-Royce Phantom verdadeiramente único
O esboço que orientou os artistas na criação de mais um Rolls-Royce Phantom verdadeiramente único

Passando ao exterior e para completar o espírito deste Rolls-Royce Phantom Extended (isto é, de plataforma mais longa), há uma pintura única com base Arctic White, com um toque de violeta e partículas finas de vidro. O que permite conferir um acabamento pérola, que muda consoante o ângulo e a luz.

Preço? É segredo…

Ainda que não exista informação relativa ao preço deste Phantom desenhado para reflectir os valores de Singapura, país de onde natural o endinheirado cliente que encomendou esta “jóia”, não temos dúvidas de que será significativamente mais alto, que o pedido por um Phantom convencional.