Skoda Otavia GNC

Publicidade

Novo Skoda Octavia recebe motor GNC com autonomia de 500 km

Texto: Carlos Moura
Data: 29 de Junho, 2020

A Skoda vai disponibilizar uma versão do novo Octavia equipada com um motor a gás natural comprimido (GNC). A marca anuncia uma autonomia de 500 quilómetros e um custo entre 3,65 e 3,87 euros por cada cem quilómetros. A comercialização na Europa arranca no último trimestre.

A Skoda introduziu um motor a gás natural comprimido (GNC) no novo Octavia e anunciou uma autonomia de 500 quilómetros em ciclo WLTP, apenas com gás.

Tecnicamente, o novo Octavia G-TEC é um veículo bi-fuel, uma vez que também dispõe de um depósito de gasolina com uma capacidade de nove litros, funcionando como “reserva”.

Por sua vez, os três depósitos de combustível estão localizados na parte inferior da carroçaria, sendo a sua capacidade de 17,33 quilogramas.

Motor 1.5 TSI de 128 cv

No capítulo mecânico, o novo Octavia G-TEC vem equipado com um motor 1.5 TSI que desenvolve uma potência de 128 cv. O consumo anunciado situa-se entre os 3,4 a 3,6 kg de gás natural comprimido por cada cem quilómetros percorridos e de 4,6 l/100 km a gasolina.

Os depósitos de gás natural comprimido do Skoda Octavia G-Tec estão localizados por baixo da carroçaria. O motor 1.5 TSI debita 128 cv
Os depósitos de gás natural comprimido do Skoda Octavia G-Tec estão localizados por baixo da carroçaria. O motor 1.5 TSI debita 128 cv

Para um valor médio do quilograma de gás natural comprimido de 1,074 euros, isto representa um custo entre 3,65 euros e 3,87 euros por cada cem quilómetros percorridos.

O depósito de nove litros de gasolina permite efetuar cerca de mais 190 quilómetros, aumentando o raio de ação total do Octavia G-Tech.

LEIA TAMBÉM
Skoda. Nova Octavia Scout quer ser alternativa a um SUV

A mudança de GNC para gasolina é efetuada automaticamente, não sendo necessária qualquer intervenção do condutor.

A única vez que o Octavia G-TEC acede ao circuito de abastecimento de gasolina é quando se liga o motor, após o abastecimento de gás natural ou quando a temperatura exterior está abaixo de -10ºC. Outra ocasião é quando a pressão nos depósitos de gás é inferior a 11 bar.

Comercialização no outono

O Octavia G-Tec está disponível nas versões hatchback e berlina, oferece uma bagageira com um volume útil de 455 litros ou 495 litros, respetivamente.

A marca checa irá lançar esta nova proposta no mercado europeu no último trimestre deste ano. A SIVA, que representa a Skoda no nosso país, já comercializa veículos a gás natural comprimido de outras marcas do Grupo Volkswagen, sendo de esperar que também disponibilize o Octavia G-Tec em Portugal.