Mobieco

Publicidade

Antonio Melica. “Nissan vai lançar 15 veículos elétricos até 2030”

Texto: Carlos Moura
Data: 12 de Maio, 2022

Até 2030, a Nissan vai lançar 23 veículos eletrificados, incluindo 15 elétricos, segundo afirma Antonio Melica, diretor-geral da Nissan Portugal. A ofensiva arranca já este ano com o crossover Aryia e o Townstar EV, mas a eletrificação também vai chegar ao Juke, ao Qashqai e ao novo Xtrail.

A Nissan vai introduzir no mercado 23 novos veículos eletrificados até 2030, incluindo 15 elétricos, segundo revelou Antonio Melica, diretor-geral da Nissan Portugal, durante o Fórum Nissan de Mobilidade Inteligente, realizado em Lisboa.

De acordo com o responsável, a ofensiva de produto passa pelo lançamento de um a dois novos veículos elétricos por ano até ao final da década. Entre os novos produtos destaque um novo crossover em 2025, a ser produzido na fábrica de Sunderland, e um novo modelo para o segmento B.

Todavia, a ofensiva de eletrificação arranca já este ano com o lançamento do crossover Ariya, cuja autonomia pode ultrapassar os 500 km em ciclo WLTP, ou o comercial Townstar EV, que permite percorrer até 300 km entre carregamentos.

Os planos da Nissan prevêem ainda o lançamento neste verão de versões eletrificadas de outros modelos, caso do Juke Hybrid, do Qashqai E-Power e o novo Xtrail E-Power.

LEIA TAMBÉM
Já a partir deste Verão. Nissan anuncia seis novos modelos eletrificados

“A transição para a mobilidade elétrica ainda vai demorar algum tempo. Nem todos os consumidores estão dispostos a fazer esta mudança nem as infraestruturas de carregamento estão preparadas e, por esse motivo, vamos introduzir uma motorização híbrida no Juke e a inovadora tecnologia E-Power”, referiu Antonio Melica.

Tecnologia E-Power

Relativamente à tecnologia E-Power, o diretor-geral da Nissan Portugal adianta que será proposta na Europa no Qashqai e no Xtrail, embora já tenha dado provas a nível global em modelos como o Note que é comercializado no Japão.

“Esta tecnologia E-Power tem a caraterística de oferecer uma condução cem por cento elétrica sem ser necessário o carregamento externo da bateria. O sistema combina um potente motor elétrico e um eficiente motor de combustão, o qual não assegura a tração, limitando-se a carregar a bateria. Este é um outro exemplo da abordagem diferente da Nissan para criar valor para os consumidores e para a sociedade,” afirma Antonio Melica.

Nissan Qashqai E-Power
Nissan Qashqai E-Power

Relativamente ao mercado português, as perspetivas da Nissan para a eletrificação são animadoras, segundo o diretor-geral da marca para o nosso país. 

“Só o modelo LEAF já representa cerca de 24% das vendas totais da Nissan em Portugal”, esclarece Antonio Melica. “Agora com a tecnologia E-Power que vamos lançar em setembro no Qashqai e em outubro no novo Xtrail, este mix de vendas será reforçado. Acreditamos que o E-Power deverá representar 65% das vendas do Qashqai”.

Relativamente, ao posicionamento de preço do Qashqai E-Power, Antonio Melica garante que estará ao nível de um equivalente diesel na concorrência.