Publicidade

Porsche destronada. Mercedes-AMG GT 63 S recupera coroa do Nürburgring

Texto: Redação
Data: 11 de Novembro, 2020

Depois de, em agosto último, a Porsche ter conquistado, com o renovado Panamera Turbo, o recorde da volta mais rápida ao Nürburgring Nordschleife, eis que já esperada resposta da Mercedes surgiu agora, através do Mercedes-AMG GT 63 S 4MATIC+. O qual, acabou respondendo à letra, batendo os 7m29,81s do Porsche, por apenas dois segundos!

O anúncio foi feito, esta quarta-feira, pela própria Mercedes-Benz, acrescentando que um Mercedes-AMG GT 63 S 4MATIC+, conduzido pelo engenheiro de desenvolvimento Demian Schaffert, conseguiu fazer, não uma, mas duas voltas, ao Nürburgring Nordschleife, em 7m23,009s e 7m23,800s. Tempos que são, qualquer um dos dois, mais rápidos que os 7m29,81s realizados pelo Panamera Turbo.

A marca da estrela salienta, ainda, que, ambos os tempos, foram medidos “oficialmente e certificados por um notário”, o que permitiu à marca de Estugarda “recuperar a coroa” entre os automóveis executivos, “apenas três meses após a ter perdido”.

Totalmente standard

A Mercedes-Benz refere, igualmente, que o carro que conseguiu fixar o novo recorde, apresentava-se “totalmente standard” e equipado com o V8 4.0 Twin-Turbo, a debitar 639 cv de potência e 900 Nm de binário, conjugado com uma caixa automática de nove velocidades e tracção integral permanente.

LEIA TAMBÉM
Porsche. Novo Panamera já bate recordes ainda antes mesmo do lançamento!

Graças a estes atributos, o Mercedes-AMG GT 63 S 4MATIC+ consegue acelerar, dos 0 aos 100 km/h, em apenas 3,2 segundos, para atingir a velocidade máxima anunciada de 315 km/h.

Além do enorme V8 e dos restantes componentes, o AMG GT 63 S 4MATIC+ contava ainda com um set de pneus Michelin Pilot Sport Cup2 e pacote aerodinâmico, duas soluções opcionais, mas que podem ser adquiridos por qualquer cliente, para equipar o seu Mercedes-AMG.

Sempre impressionante

Conseguido o novo recorde, Demian Schaffert não deixou de comentar que, “embora tendo acompanhado o desenvolvimento do nosso GT 63 há vários anos, a verdade é que não consigo deixar de ficar surpreendido com as realizações desta espantosa proposta”.

De resto, Schaffert destaca, igualmente, a dupla personalidade deste modelo, o qual não só consegue ser confortável e equipado com várias tecnologias inteligentes de segurança, como consegue oferecer “um nível extremamente elevado de dinâmica e precisão na condução”.

Mais rápido, seja em que tempo for

Embora a maioria dos fabricantes automóveis forneça apenas um tempo de volta, a Mercedes apurou que, antes de 2019, que os tempos por volta eram baseados numa distância de 20,6 km. No entanto, já o ano passado, uma volta oficial foi fixada em 232 metros mais, ou seja, 20,832 km.

Ao fornecer os dois tempos, a Mercedes permite que se compare as marcas do Mercedes-AMG GT 63 S 4MATIC+, tanto com os tempos pré-2019, como com as marcas obtidas após 2019.