Mercedes Classe S Ecrã Táctil

Publicidade

Novo Mercedes Classe S aposta na digitalização com cinco ecrãs centrais

Texto: Redação
Data: 8 de Julho, 2020

Embora com apresentação completa agendada apenas para setembro, a Mercedes-Benz lá vai desvendando, pouco a pouco, aquilo que é possível esperar da nova geração Classe S. Sendo que, desta feita, as novidades prendem-se com os cinco enormes ecrãs tácteis que serão um dos novos motivos de interesse, no interior do próximo navio-almirante da marca da estrela.

Desvendado pela própria Mercedes-Benz, o interior da próxima geração do Classe S anuncia-se, assim, como palco de uma espécie de revolução digital, face àquilo que era a realidade na geração ainda em comercialização. Com o novo modelo a prometer um habitáculo que pouco ou nada mantém, do antecessor.

A confirmar esta ideia, destaque-se, desde logo, o facto do futuro Classe S, a que foi atribuído o nome de código W223 (o Classe S em comercialização “chama-se” W222…), exibir menos 27 comandos físicos que a atual geração. O que faz com que o novo porta-estandarte pouco mais mantenha, como comandos físicos, que o botão das luzes e a haste dos pára-brisas, passando tudo o resto, segundo a Mercedes, a ser ativado por toque, gestos, e voz….

LEIA TAMBÉM
Apanhado! Futuro Mercedes Classe S anuncia revolução

Quanto aos comandos do ar condicionado, a marca da estrela revela, desde já, que passarão a estar integrados no ecrã central, que ocupa a quase totalidade da nova consola. Além de acessíveis logo a partir do ecrã principal, de forma a que não seja necessário andar a passar entre sub-menús.

Aliás, aqui chegados, é também a altura de falar daquela que será uma das principais, senão mesmo a maior, novidade no habitáculo do novo Classe S: os ecrãs tácteis, parte da nova geração de sistemas de infoentretenimento MBUX.

Segundo avança a Mercedes-Benz, o próximo Classe S poderá surgir com um de cinco ecrãs digitais tácteis, todos eles de dimensões XXL, e com, pelo menos, três ecrãs diferentes. Os quais, graças à tecnologia OLED, conseguirão apresentar gráficos e imagens mais definidos e de cores mais naturais, ainda que consumindo cerca de 30% menos de energia que um LCD convencional.

Uma novidade chamada Realidade Aumentada

Outra novidade importante no W223, é a estreia de um novo (e opcional) head-up display, equipado com Realidade Aumentada, aplicada tanto à navegação, como aos sistemas de apoio à condução. Sendo que, quem não quiser gastar dinheiro em mais este extra, tem, ainda assim, garantida, uma solução mais convencional… mas também bem menos atraente!

De resto e graças à utilização da tecnologia de Realidade Aumentada, o condutor passa a receber as imagens e informações de forma virtual, num ângulo de abertura de 10 graus na horizontal e cinco graus na vertical, e a com uma distância de 10 metros. Medidas generosas que correspondem a um monitor de 77 polegadas (!), com a tecnologia a permitir ainda o surgimento de inserções idênticas às existentes no cinema.

Quanto ao painel de instrumentos, que à primeira vista parece idêntico aos já conhecidos de alguns modelos da marca de Estugarda, a Mercedes garante que não é bem assim. Já que, além de disponibilizar quatro tipos de display e três modos,  passa a ser, também, do tipo tridimensional e sem necessidade de recorrer a óculos 3D.

“Basicamente, ajuda a criar o efeito desejado de profundidade. Um sistema de câmaras stereo é integrado no monitor, de forma a determinar com precisão a posição dos olhos do condutor,[…]  o qual desfruta, assim, de muito movimento livre, já que a imagem no painel é permanentemente ajustada”, explica, em comunicado, a Mercedes.

“Olá, Mercedes” com capacidade para falar 27 línguas

Finalmente e além da evolução nos ecrãs e sistema MBUX, o novo Classe S contará com um sistema de assistência de voz mais avançado – o famoso “Olá, Mercedes”… -, capacitado para falar em 27 línguas, além de com maior capacidade de compreensão da linguagem do dia-a-dia. Sendo que, até mesmo os ocupantes dos lugares traseiros, vão poder interagir com o sistema, graças à colocação de vários microfones no habitáculo.

Microfones que, acrescente-se, servem também para, esses mesmos passageiros, caso não desejem utilizar os comandos virtuais nas portas, ativar, através da voz, o aquecimento dos bancos ou o sistema de massagens.

A primeira de três apresentações

De referir, ainda, que esta é a primeira de três iniciativas do género, através das quais a Mercedes-Benz pretende dar a conhecer o futuro Classe S, cuja apresentação total e definitiva só deverá ter lugar, no entanto, em setembro.

O próximo episódio deste desvendar em três partes está, desde já, agendada para o dia 29 de julho, altura em que serão conhecidos todos os detalhes sobre a Segurança e Conforto. Ao passo que o terceiro episódio, que terá lugar a 12 de agosto, focar-se-á no resto do interior