Mazda elimina os ecrãs táteis

Texto: Nuno Fatela
Data: 18 Junho, 2019

Apesar da tendência atual ser a aglomeração de funcionalidades em touchscreens, a Motor Authority revela que a Mazda vai eliminar os ecrãs táteis para garantir mais segurança na condução

Nos últimos anos temos assistido a um enorme aumento da quantidade e do tamanho dos ecrãs táteis nos automóveis. Mas agora há quem esteja a fazer marcha-atrás e a optar por soluções alternativas que reduzam as distrações. Depois da Renault ter retirado os controlos de climatização dos ecrãs  no novo Clio (que a Turbo já testou), para facilitar a sua utilização, a Mazda vai ainda mais longe e elimina os ecrãs táteis no novo Mazda3.

 

O modelo, que surgirá no outono já com o novo motor SkyActiv-X que combina características dos gasolina e dos Diesel, deverá continuar a ter um ecrã no topo do tablier. A diferença, assegura a Motor Authority, é que opta antes por controlos no volante e na consola central para operar este painel de informações, o que trará duas grandes vantagens. A primeira é evitar distrações a navegar pelos menus, a que se junta o facto do condutor passar menos tempo com as mãos fora do volante.

Um responsável da Mazda North America, Matthew Valbuena, explicou esta opção. Elediz que “nas nossas pesquisas, percebemos que o condutor faz força no volante quando vai tocar no ecrã, saindo da sua trajetória”. Além disso, recorda que “quando vamos tocar no ecrã temos de estar a olhar para ele… por isso estamos confortáveis ao retirar a funcionalidade dos ecrãs táteis”.

 

Existem, além dos referidos comandos, duas alternativas para obter as informações. A primeira, muito usada pela Mazda, passa por projetar informações na frente do condutor através do head-up display. A outra, que também vai ganhando abrangência na indústria automóvel, é o recurso aos comandos vocais. Uma solução que ganha cada vez mais adeptos até pela forma como ela pode ser combinada com as potencialidades da inteligência artificial, como vem sendo demonstrado por sistemas como o Hey Mercedes e o Hey BMW.

 

(nota de esclarecimento 19/06/2019: uma vez que foi recentemente lançada a nova geração do Mazda3 na Europa, não fica claro se a introdução destes novos ecrãs será feita já no outono, quando chegar o motor SkyActiv-X, ou apenas num momento posterior de renovação da gama)

 

Veja também:

Este é o novo Mazda3
Mazda revela segredos do motor revolucionário SkyActiv-X
Crossover Mazda CX-30 apresentado em Genebra
Mazda MX-5 “30th anniversary”edition revelado
Mazda sobem na cilindrada e equipamento

 

Fonte: Motor Authority

Partilhar