Mazda sobem na cilindrada e equipamento

Texto: António Amorim
Data: 10 Janeiro, 2019

A partir deste momento já podem ser encomendados em Portugal os novos Mazda com motores atualizados.

As novas gerações de 2019 abrangem as gamas CX-3, CX-5, Mazda6 e Mazda MX-5 (roadster e RF).

A maior aposta vai para a disponibilidade de motores a gasolina em toda a gama. Nos Mazda 2 os motores continuam a ser o 1.5 a gasolina com 90 ou 115 cv e no Mazda 3 (este a renovar em breve) continuam o 1.5 a gasolina de 100 cv e o 1.5 Diesel de 105 cv. Já nos Mazda 6, CX-3 e CX-5 a tabela muda quase por completo.

No modelo mais vendido da marca, o CX-3, passam a figurar tanto o motor a gasolina de 2.0 litros (121 cv) como um novo Diesel de 1.8 litros, a debitar 115 cv (sem AdBlue). No primeiro caso os preços oscilarão entre os 29 358€ e os 30 163 €. Já o novo Diesel, que vem substituir o anterior bloco de 1.5 litros e 105 cv, sofre os efeitos do acréscimo de impostos e passa a custar entre 27 932 € e 48 342 € (AWD).

 

O Mazda 6 passa a estar disponível com motores a gasolina 2.0 (145 cv) e 2.5 (194 cv), enquanto o Diesel de 2.2 litros adiciona uma versão de 184 cv à de 150 cv já existente.

O modelo mais penalizado com esta renovação que visa obedecer às novas normas de emissões é o SUV médio CX-5, que fica disponível com o motor a gasolina de 2.0 litros (165 cv) e 2.5 litros (194 cv), mantendo o Diesel de 2.2 litros e 150 cv (4×2) mas adicionando uma versão mais potente deste motor, com 184 cv na versão 4×4.

O MX-5 foi o primeiro a ser renovado no final do ano passado, continuando com o 1.5 a gasolina de 132 cv e o 2.0, também a gasolina, com 184 cv.

Em todas as gamas a marca de Hiroshima procedeu a reforços de equipamento que, até certo ponto e em alguns casos, compensam o acréscimo de preço resultante da maior incidência de impostos sobre a maior cilindrada destes motores. É o que se passa com a versão Advance do CX-3 1.8 Diesel, que mantém o preço do anterior Excellence (o mais vendido), perdendo apenas o sistema Audio Bose e pouco mais.

Partilhar