Publicidade

Divórcio à vista? Parceria Hyundai-Rimac à beira do fim por causa da Porsche

Texto: Francisco Cruz
Data: 3 de Maio, 2022

Parece ser o fim de um casamento que chegou a prometer grandes frutos. Isto porque, depois de ter investido qualquer coisa como 80 milhões de euros na Rimac, o Hyundai Motor Group estará prestes a colocar um ponto final numa parceria que tinha entre os seus objectivos o lançamento de um superdesportivo elétrico. Entre outros produtos…

A notícia é avançada pela Automotive News Europe, com base em fontes ligadas a ambos os fabricantes, garantindo que terá sido a Hyundai a decidir terminar os vários projectos que mantinha com a Rimac, no âmbito da parceria.

De resto e fruto desta decisão, o fabricante sul-coreano terá colocado, igualmente, travão a fundo no projecto conjunto de desenvolvimento de um automóvel de tecnologia Fuel Cell, até aqui conhecido como Vision FK Concept.

O concept Vision FK que a Hyundai tem vindo a desenvolver com o contributo da Rimac
O concept Vision FK que a Hyundai tem vindo a desenvolver com o contributo da Rimac

De resto e sobre este concept, que a Hyundai deu a conhecer em 2021, a informação divulgada referia a presença de uma tecnologia inovadora, traduzida num “conversor de energia de célula de combustível”, conjugado com um trem de força híbrido plug-in de tracção traseira. E que, segundo os seus criadores, permitia anunciar uma potência na ordem dos 680 cv, assim como uma autonomia superior a 600 km.

Contudo e segundo as mesmas fontes, a travagem a fundo no projecto, não significará o fim do mesmo, já que mantém-se a intenção da Hyundai de avançar para a construção de uma versão de produção deste mesmo carro e que, inclusivamente, estará muito perto de surgir. Tudo apontando para que seja apresentado no início do próximo ano.

LEIA TAMBÉM
Serão apenas 800 carros. Hyundai apresenta edição limitada Drive-N do i30 N

Sobre o divórcio, fonte ouvida pela Automotive News comentou que o relacionamento entre a Hyundai e a Rimac terá começado a azedar, a partir do momento em que o fabricante croata começou a ficar mais próximo da Porsche. Tendo piorado ainda mais, no momento em que o fabricante alemão aumentou a sua participação na marca fundada por Mate Rimac, para 24%, acabando mesmo por fundar, já em 2021, a joint-venture Bugatti-Rimac.

Diferente é, no entanto, a posição pública assumida pela Rimac Automobili, o qual, além de negar qualquer azedume, garante, inclusivamente, que “a Hyundai tem apoiado a transformação da empresa [Rimac] ao longo dos últimos 12 meses – incluindo, a divisão Rimac Technology e a união de forças com a Bugatti, agora sob o nome da nova empresa Bugatti-Rimac”.

O concept Prophecy
O concept Prophecy

Aliás e segundo fez questão de salientar a Rimac, também em declarações à mesma publicação, as duas empresas mantêm “dois projectos de alto nível em andamento”, assim como “um já concluído e vários projectos futuros em debate”.