Grupo Fiat Chrysler deverá pagar milhões à Tesla

Texto: Filipe Bragança
Data: 8 Abril, 2019

Em causa está a violação das novas normas europeias de emissões.

O jornal ‘Financial Times’ avançou neste domingo, que o grupo Fiat Chrysler Automobiles concordou em pagar milhões à Tesla, para que os carros da sua frota sejam contabilizados como automóveis da Fiat. Desta forma o grupo ítalo-americano pode escapar às sanções que normalmente são impostas neste tipo de situação.

De acordo com as informações recolhidas por este jornal, a sua ausência de emissões por parte dos automóveis da Tesla, faz com que a média das emissões desçam consideravelmente. Isto caso os veículos sejam contabilizadas na mesma frota. Segundo a mesma fonte, esta é a estratégia que a Fiat Chrysler deve utilizar para evitar as multas impostas pela UE, embora ainda não haja detalhes em relação aos valores oferecidos à construtora americana.

Uma parceria entre estas duas marcas terá sido anunciada no site da Comissão Europeia, em Fevereiro, mas só agora é que se começam a clarificar os contornos deste negócio.

Se tem dúvidas em relação às novas normas da UE, em torno das emissões, este vídeo da Mercedes pode dar uma ajuda:

 

Veja também:

Fiat-Chrysler e Peugeot-Citroën discutem “super-plataforma” para elétricos
Hackers causam o caos a testar Tesla (com vídeo)
Será um “Tesla Urbano”
Condutores ‘horrorizados’ com ideia de veículos autónomos

 

Fonte: Financial Times; Europe.AutoNews