Mobieco

Eléctricos igualam lucros dos “convencionais” em 2025

Texto: Filipe Bragança
Data: 22 Março, 2019

A Volvo espera que em 2025 as margens de lucro obtidas pelos veículos eléctricos igualem as resultantes da venda de automóveis movidos a motores de combustão.

Em 2025, a Volvo irá lucrar tanto com cada veículo eléctrico vendido como com cada um equipado com motor de combustão. A afirmação é feita pelo CEO da marca sueco, Hakan Samuelsson, que anuncia margens de lucro equivalentes nestes dois tipos de veículos.

 

Os escandinavos têm um plano de investimento de 100 mil milhões de euros, a ser aplicado num prazo de 10 anos, para o desenvolvimento das tecnologias eléctricas. Samuelsson admite que as margens de lucro destes automóveis electrificados não se reflictam no imediato, devido ao custo elevado dos seus componentes. Mas, com a crescente procura de baterias, motores elétricos, inversores e equipamentos por parte de praticamente todas as marcas, espera-se que o custo de aquisição desça, ajudando também a trazer os veículos elétricos para patamares de preço mais competitivos. Talvez por isso o CEO do fabricante nórdico está confiante que daqui a seis anos, a fatia destes veículos represente pelo menos 50% do total de vendas.

Neste momento a Volvo já aplica 5% do seu retorno anual, o que se traduz em mil milhões de euros, no desenvolvimento de veículos eléctricos e autónomos.

Veja também:

Água do mar usada para criar combustível sustentável
Toyota garante acesso a motores Suzuki… que garante tecnologia híbrida
Volvo reduz a velocidade dos seus carros
Volvo estende a tecnologia híbrida a toda a gama

 

Fonte: Europe.autonews.com

Partilhar