Publicidade

Esquece-se da chave? Não se preocupe, o carro vai passar a reconhecê-lo!

Texto: Francisco Cruz
Data: 12 de Janeiro, 2024

Presente no Consumer Electronics Show 2024, a alemã Continental acaba de apresentar a solução de futuro para os condutores que teimam em esquecer as chaves do carro: um sistema de reconhecimento facial que lhes vai permitir, não só aceder ao habitáculo, como ligar o próprio automóvel!

Numa altura em que a tecnologia já é usada em vários dispositivos e situações (smartphones, acessos, etc…), a multinacional alemã Continental quer agora aplicá-la também nos automóveis, como forma de facilitar não apenas o acesso ao veículo, como também o arranque do motor.

Propondo bem mais do que uma câmara sofisticada, a Continental apresentou no CES 2024, atualmente a decorrer, uma tecnologia em que esta última solução é combinada com câmaras ocultas. As quais podem ser colocadas, por exemplo, por detrás do ecrã de infoentretenimento, já que conseguem ver através deste.

Foto: Continental Automotive

De resto, outra das vantagens desta nova tecnologia de câmaras, é o facto de poderem ser instaladas, tanto dentro, como fora do carro, e sem necessidade de alterar a estética definida pelos designers.

“Para nós, a experiência do utilizador é definida não apenas pelos aspectos funcionais e técnicos, como também pelo apelo estético”, afirma o director de UX da Continental Automotive, Dr. Boris Mergell. Acrescentando que, “funções sofisticadas de conveniência e segurança, que não são visualmente perceptíveis quando em uso, são encaradas por nós como um sucesso total”.

LEIA TAMBÉM
Nova tecnologia? Tesla adquire empresa alemã especializada em indução

Integradas num pilar, estas câmaras ocultas podem ser utilizadas, segundo a empresa, para, por exemplo, destrancar o carro, já que o sistema consegue verificar não só as características faciais únicas, mas também se está em presença de pele real. Isto, para que o carro nunca possa ser destrancado com recurso a uma simples fotografia.

Ao mesmo tempo, o sistema também poderá assimilar outros rostos, como, por exemplo, dos filhos do proprietário, de forma a que, quando autorizados, possam aceder ao interior do veículo, mas não colocá-lo em funcionamento.

Ecrãs exteriores como solução de futuro

A par da tecnologia de reconhecimento facial, a Continental anunciou ainda estar a trabalhar em ecrãs que se integram, na perfeição, no pilar B dos veículos e que, invisíveis quando inactivos, podem comunicar aspectos como o estado das baterias, se as portas estão ou não trancadas, além de muitas outras informações, mediante o simples aproximar do condutor.

Foto: Continental Automotive
Foto: Continental Automotive

“Transferir as nossas tecnologias do interior para o exterior do veículo é o próximo passo lógico, se isso nos permitir incorporar aspectos adicionais de segurança e funções de conveniência”, comenta Mergell. Defendendo que, “ao estender o nosso portfólio UX para o exterior, tanto os fabricantes automóveis, como os utilizadores dos veículos, beneficiarão, em igual medida, de novas soluções de interação mais intuitivas”.