Mobieco

Carros elétricos vão ser obrigados a fazer barulho

Texto: Nuno Fatela
Data: 7 Junho, 2019

O silêncio de rolamento é muito agradável para os ocupantes, mas pode representar um perigo inesperado para os outros utentes da via. Como tal, os carros elétricos vão ser obrigados a fazer barulho para alertar da sua presença

Entrará em vigor no início de julho de 2020 a nova legislação que obriga os veículos elétricos a dar alertas sonoros sobre a sua presença. Esta é uma forma de contornar os perigos de segurança, principalmente para peões e ciclistas, que por não estarem cientes da presença destas viaturas podem entrar em rota de colisão com as viaturas de emissões 0.

 

Segundo as informações apuradas, este sistema designado AVAS (Acoustic Vehicle Alert System) terá de dar alertas quando o automóvel circula a velocidades inferiores a 20 km/h. O nível de som terá no mínimo 56 db, o que é considerado o equivalente ao de uma escova de dentes elétrica. Além disso, no som emitido deverá existir uma diferenciação clara para que se perceba quando o veículo elétrico está a ganhar velocidade ou a travar. Uma das grandes curiosidades agora passa por saber como se vão adaptar as marcas a esta legislação. Será que vão preferir ter um som para toda a sua gama de veículos elétricos, aproveitar a oportunidade para fazer uma distinção entre modelos mais desportivos e os outros ou, ainda mais interessante, até permitir sons personalizados para cada viatura?

 

Veja também:

Oeiras Eco Rally regressa este fim-de-semana
Elétricos mais baratos que combustão em 2025
BMW e Jaguar Land Rover parceiras nos elétricos
Inquérito sobre mercado das viaturas eléctricas

 

Fonte: AutoExpress e Autoplus.fr