Mobieco

Publicidade

BMW confirma apresentação do primeiro M eletrificado para 2021

Texto: Francisco Cruz
Data: 19 de Janeiro, 2021

Aproveitando a apresentação de resultados relativos a 2020, a divisão M da BMW anunciou o surgimento do primeiro BMW M eletrificado, ainda durante o presente ano de 2021. Sendo que a data acabou sendo revelada de forma algo discreta, ainda que à vista de todos…

O anúncio, que inicialmente até terá passado algo despercebido, foi feito através de uma imagem da fictícia “Cidade BMW“, em que a invulgar mas já bem conhecida pickup M3 E92, surge na foto, com um lettering na porta. Onde se pode ler, entre outras palavras, “Electric” e “26 2021”.

Segundo avança a Motor1, os dois números denunciam a semana de 2021 em que o primeiro BMW M eletrificado fará a sua aparição – a semana 26, ou seja, entre 28 de junho e 4 de julho.

Infelizmente, a imagem, parte de um filme publicitário rodado pela marca de Munique, só não desvenda qual o modelo M que ganhará o direito a fazer história, já que, a pick-up, até por se tratar de um one-off, estará, liminarmente, fora de hipótese. Sendo que, num comunicado já divulgado, o construtor apenas revela que “a M GmbH apresentará um automóvel de alta performance, movido a electricidade, pela primeira vez”.

LEIA TAMBÉM
Novo BMW M5 CS estreia já em janeiro com 635 cv

Igualmente desconhecida, é a opção em termos de sistema de propulsão, nomeadamente, se estamos a falar de um EV puro, ou de híbrido. Com alguns rumores a apontarem no sentido de que possa vir a ser a versão mais potente e performante do futuro BMW i4, enquanto outros, falam na introdução de um X8 M híbrido plug-in.

M4 Convertible e M5 CS também a caminho

Seja qual for a escolha, certo é que, juntamente com o primeiro M eletrificado, surgirá, ainda, o M4 Convertible, “a tempo da estação mais quente”, pode ler-se no mesmo press-release.

O último teaser do M5 CS

Para mais tarde, parece, assim, ficar, a muito aguardada M3 Touring, a qual, assume a BMW, está ainda em fase de desenvolvimento. Sendo, por isso, antecipada, também, pelo M5 CS, uma versão do Série 5 com mais potência e menos peso, e cuja apresentação está prevista já para os próximos dias.

De resto, a BMW também anuncia que, todos os modelos atualmente disponibilizados com caixa manual, passarão a contar com versões Competition, disponibilizadas apenas com transmissão automática Steptronic de oito velocidades com Drivelogic, fornecida pela ZF.

Decisão que, entre outras alterações, levará a que o próximo M2 Competition venha a perder a caixa DCT, em detrimento da solução da ZF.

BMW M3 e M4

M3 e M4 com xDrive

A terminar, a BMW revelou ainda que os novos M3 e M4 passarão a ser igualmente propostos, já a partir do próximo verão, com sistema de tracção integral xDrive. Uma novidade para ambos os modelos.

Ainda assim, o novo director da divisão M , Markus Flasch, anunciou já que, as maiores novidades, deverão chegar em 2022, qualificando-o, mesmo, como “um ano cheio de surpresas”. Ou não comemorasse a divisão M meio século de existência…