Publicidade

A epítome do luxo… atrás. Bentley inicia produção do Bentayga EWB

Texto: Francisco Cruz
Data: 2 de Novembro, 2022

A Bentley anunciou o arranque da produção daquela que é a versão maior do seu SUV de hiper-luxo, o Bentayga Extended Wheelbase, ou simplesmente EWB. Crescimento que, ainda assim, não impede uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h em 4,6 segundos, assim como a obtenção de uma velocidade máxima de 290 km/h.

Produzido naquela que é a nova fábrica neutra em carbono da Bentley, localizada em Crewe, o Bentayga EWB torna-se, assim, no quinto modelo da oferta da marca britânica, o qual, fruto de um investimento que o fabricante diz ter sido de nove dígitos, vem proporcionar “a melhor experiência de cabina traseira desde o Mulsanne”.

Com um aumento na distância entre eixos que chega aos 180 mm, crescimento todo ele localizado nas portas traseiras de abertura elétrica, a que se junta ainda algumas alterações no piso inferior, painéis laterais e tejadilho, o maior dos Bentley Bentayga promete, assim, uma zona traseira excepcionalmente luxuosa, fruto também daquele que é o primeiro banco traseiro automaticamente climatizado e com ajustamento postural avançado, num modelo da marca britânica.

O Bentayga EWB promete "a melhor experiência de cabine desde o Mulsanne"
O Bentayga EWB promete “a melhor experiência de cabine desde o Mulsanne”

De resto, o novo modelo está disponível com três configurações de bancos, incluindo um novo layout padrão 4+1 com a possibilidade de ter banco do meio, a par de versões de quatro e cinco lugares.

Também a ajudar a minimizar a fadiga ao longo da viagem, um total de 16 ajustes, aquecimento, ventilação e cinco programas de massagem.

LEIA TAMBÉM
Bentley. Dois novos membros reforçam família híbrida do Bentayga

Como opcional, a solução que a Bentley designa de Airline Seat Specification e que procura proporcionar ainda maior relaxamento nos lugares de trás, com encostos que reclinam até 40 graus e facilitam o sono. Sendo que, a acompanhar, surge o aquecimento até mesmo dos apoios de braços centrais e da porta traseira.

Finalmente, a presença de elementos artesanais que procuram reforçar um interior de líder da classe, como é o caso daquela que é a primeira aplicação da Bentley Dynamic Illumination e que ilumina através de pele trabalhada à mão. Isto, ao mesmo tempo que linhas de costura mais finas criam os estofos mais suaves e macios alguma vez presentes num Bentley.

Embora fortemente direccionado para os passageiros dos bancos de trás, o Bentayga EWB não esquece igualmente o condutor
Embora fortemente direccionado para os passageiros dos bancos de trás, o Bentayga EWB não esquece igualmente o condutor

Aliás e conforme também refere o fabricante, são 24 mil milhões de combinações de acabamentos aquilo que os clientes têm à disposição.

Com quatro rodas direccionais e 4,6s nos 0-100 km/h

Já no domínio técnico, melhorias, também, no chassis e no grupo motor, nomeadamente, através da inclusão, de série, do sistema Electronic All Wheel Steering, sinónimo de quatro rodas direccionais, e do Bentley Dynamic Ride, como forma de enaltecer as capacidades dinâmicas naturais do Bentayga. Que, de resto, nesta nova versão, não deixa de anunciar uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h em 4,6 segundos, assim como uma velocidade máxima de 290 km/h.

Bentley Bentayga EWB
Bentley Bentayga EWB

“O novo Bentayga Extended Wheelbase é próximo capítulo da história do Bentayga que, desde que chegou ao mercado em 2015, tem transformado o setor e resultou em vendas recordes”, comenta o membro do Conselho de produção da Bentley Motors, Peter Bosch. Defendendo que, “na Bentley, colaboramos com os nossos clientes para aumentar ainda mais a amplitude da capacidade do SUV líder da classe, levando a uma experiência de cabina traseira comparável ao lendário Mulsanne.”.

Versão com peso

A terminar, salientar, apenas, que, embora só agora entrando em produção, esta nova variante EWB do Bentayga representa já cerca de 40 por cento das vendas do modelo.