Mobieco

Publicidade

Volvo C40 Recharge celebra a marca das 10.000 unidades vendidas

Texto: Redação
Data: 19 de Outubro, 2022

Confirmação da elevada aceitação que o modelo tem vindo a registar, o elétrico Volvo C40 Recharge acaba de alcançar o seu primeiro feito comercial de relevo, ao atingir as 10.000 unidades transaccionadas a nível mundial.

Elemento preponderante na transição para a eletrificação que a marca sueca tem vindo a fazer, o Volvo C40 Recharge chega, assim, aos cinco dígitos, em termos comerciais, apesar de contar com não mais do que um ano de comercialização.

Com este resultado, aquele que foi o primeiro modelo 100% elétrico da Volvo Cars pensado e desenhado de raiz para ser um veículo elétrico, demonstra, assim,  não apenas a aceitação global que tem vindo a registar, como também a boa receptividade, da parte dos clientes, relativamente à estratégia elétrica do fabricante. Confirmada, de resto, no aumento do peso dos veículos elétricos e eletrificados nas vendas globais da marca.

O crossover coupé elétrico Volvo C40 Recharge já ultrapassou a marca das 10.000 unidades vendidas em todo o mundo
O crossover coupé elétrico Volvo C40 Recharge já ultrapassou a marca das 10.000 unidades vendidas em todo o mundo

Segundo avança a própria Volvo Cars, só no mês de setembro, a percentagem de modelos Recharge (elétricos e plug-in híbridos) representou já 32% das vendas totais da marca. Ao mesmo tempo que, entre as propostas eletrificadas, os modelos 100% elétricos contribuíram com uma quota de 13% do total destas vendas.

Ainda sobre o C40 Recharge, vale a pena recordar que é construído com base na plataforma Compact Modular Architecture, ou CMA, solução desenvolvida pela Volvo, em colaboração com a casa-mãe, a chinesa Geely. Sendo, também, o primeiro passo numa caminhada em que, até 2030, a Volvo tem definido como objectivo apresentar um novo modelo 100% elétrico por ano.

LEIA TAMBÉM
Volvo Cars. Plataforma CMA já deu origem a mais de 600 mil veículos vendidos

A partir dessa data, a marca sueca passará a comercializar exclusivamente propostas 100% elétricas.