Mobieco

Publicidade

Bye-bye, combustão. “Futuro do ‘R’ será elétrico” anuncia Volkswagen

Texto: Francisco Cruz
Data: 27 de Outubro, 2022

Numa altura em que a própria marca-mãe caminha, também ela, nesse sentido, a divisão de performance da Volkswagen, ‘R’, acaba de anunciar a intenção de tornar-se, também ela, 100% elétrica. Garantindo, inclusivamente, estar já a trabalhar em várias propostas EV que contribuirão para tornar o ‘R’ puramente elétrico.

Também ela subordinada ao novo compromisso zero emissões anunciado pela Volkswagen, a divisão de performance ‘R’ assume, agora, o compromisso de tornar-se, também ela, zero emissões, cinco anos antes da casa-mãe. Ou seja, já em 2030.

Segundo declarações reproduzidas pela publicação britânica Autocar, a ‘R’ prepara-se já para “converter gradualmente o seu portfólio”, nomeadamente, através do lançamento de “vários modelos ‘R’ elétricos, neste momento, já numa fase de planeamento”.

Depois de toda uma história ligada aos motores de combustão... potentes, o 'R' vai tornar-se elétrico
Depois de toda uma história ligada aos motores de combustão… potentes, o ‘R’ vai tornar-se elétrico

“Estamos, presente, a analisar vários conceitos e possibilidades, sendo certo que iremos disponibilizar, apenas e só, propostas ‘R’ capazes de corresponder àqueles que são os nossos pergaminhos”, afirma a Volkswagen. Terminando, dizendo que “uma coisa é certa: o futuro do ‘R’ será elétrico”.

LEIA TAMBÉM
Golf R “20 Anos” é o Volkswagen R mais rápido de sempre em Nürburgring

Assim, parece cada vez mais real a possibilidade dos atuais modelos Volkswagen ID poderem vir a contar com versões mais “picantes”, como, de resto, chegou a vaticinar o director de Pesquisa e Desenvolvimento da marca alemã, Thomas Ulbrich, que ainda em 2021 falava na hipótese de um ID.4 ‘R’.

Com tecnologia estreada nos concepts

Ainda segundo estas declarações, qualquer futuro modelo ‘R’ 100% elétrico terá a certeza de contar com tecnologia a estrear, ou seja, importada directamente dos concepts, como, de resto, aconteceu com o ID R com 662 cv de potência, atual detentor do recorde do melhor tempo na subida a Pikes Peak. Sendo que, tal como este último, também os futuros ‘R’ EV, beneficiarão de desenvolvimento em pista.

“Para que possamos tornar-nos uma marca 100% elétrica até ao final da presente década, estamos, já hoje, a tomar as medidas necessárias para essa mesma transformação”, afirma o director da ‘R’, Reinhold Ivenz.

O Volkswagen I.D. R que, em 2018, conquistou Pike Peak
O Volkswagen I.D. R que, em 2018, conquistou Pike Peak

De resto e também no âmbito destas medidas, a garantia, desde já, que os futuros modelos ‘R’ elétricos terão por base a futura plataforma dedicada SSP, sinónimo de Scalable Systems Platform e que será a única arquitectura exclusiva para veículos elétricos a utilizar, a partir de 2026, no seio do grupo automóvel alemão. Embora e no caso dos ‘R’, com algumas adaptações específicas para tornar o desempenho mais desportivo.

A par desta escolha, a expectativa, igualmente, de que uma capacidade de carregamento ainda melhor que os 150 kW de potência máxima anunciados pelo ID.5 GTX e que prometem um recuperar de energia, entre os 10 e os 80%, em apenas 25 minutos.