Mobieco

Publicidade

Também co-fundador da start-up EV Canoo. Apple contrata “pai” do BMW i3 e i8

Texto: Francisco Cruz
Data: 11 de Junho, 2021

Determinada a fazer acelerar o seu projecto de criação de um automóvel elétrico, a Apple acaba de contratar o alemão Ulrich Kranz, ex-vice-presidente da BMW, pai dos BMW i3 e i8, e co-fundador da start-up de veículos elétricos Canoo.

A notícia , inicialmente avançada pela Bloomberg e entretanto já confirmada, pela própria Apple, a vários orgãos de informação, dá conta da contratação de Ulrich Kranz, como o mais recente passo de uma série de medidas tomadas pela tecnológica nort-americana, no sentido de acelerar o chamado Project Titan. O qual visa lançar a Apple no mercado automóvel.

Contudo, ainda não está claro qual o papel que Kranz irá desempenhar no projecto e se, por exemplo, reportará àquele que é conhecido como o líder do projecto Titan, Doug Field. Responsável que a Apple foi buscar à vizinha Tesla, onde Field teve a seu cargo a supervisão do desenvolvimento e produção do Model 3.

Ulrich Kranz foi o responsável, na BMW, pelo desenvolvimento, quer do i3, quer do i8

Ainda quanto a Kranz, importa recordar que, ainda antes de fundar a Canoo, start-up que vindo a desenvolver uma nova plataforma para veículos elétricos e que, entretanto, já assinou um acordo de fornecimento com o Hyundai Motor Group, o alemão passou cerca de 30 anos na BMW, liderando o desenvolvimento dos primeiros modelos da família ‘i’ – o i3 e o i8.

LEIA TAMBÉM
Apple está a preparar lançamento de automóvel autónomo em 2024

Depois disso, Kranz também esteve, durante um breve período, como director de tecnologia da elétrica Faraday Future.

Quanto à ligação à Canoo, a Bloomberg avança, citando fontes internas da Apple, que Ulrich Kranz deixou a start-up em abril, para assumir o seu novo papel, na tecnológica co-fundada por Steve Jobs, “nas últimas semanas”.

A plataforma para veículos elétricos desenvolvida pela Canoo e que servirá de base, entre outros, a modelos do grupo Hyundai

Recorde-se que, ainda recentemente, surgiu a notícia de que a Apple estaria perto de assinar um acordo de joint-venture com a LG Electronic, para que fosse esta a empresa a construir as motorizações do carro norte-americano, ajudando igualmente a produzir os primeiros exemplares, que serviriam como uma espécie de projecto-piloto, destinado a avaliar o interesse dos consumidores no modelo.