Toyota GR Supra ganha novo motor

Texto: Filipe Bragança
Data: 15 Janeiro, 2020

A marca japonesa anunciou a primeira extensão da gama GR Supra, com a introdução do novo bloco 2.0.

O ‘novo’ Toyota GR Supra foi um dos regressos mais aguardados do ano. Um ano depois da sua apresentação, que decorreu no Salão Internacional de Detroit, nos EUA, chegam agora os primeiros detalhes desta versão.

O desportivo de motor frontal e tração traseira, foi o primeiro modelo global da Toyota a ser desenvolvido em conjunto com Gazoo Racing (GR), equipa oficial de competição da marca nipónica.

Para além disso, o Supra foi construído em parceria com a BMW, o que gerou alguma controvérsia quanto ao seu ‘pedigree’.

Menos potência, mais agilidade

Ao motor 3.0 l de seis cilindros em linha, da marca bávara, junta-se agora uma versão mais comedida 2.0 de quatro cilindros, mas que tem alguns truques na manga. Sim, é verdade que esta versão perdeu algum poder de fogo, mas ao mesmo tempo, o desportivo está mais leve em 100 kg.

Para além disso, as dimensões deste novo bloco permitem que este seja montado mais à retaguarda, baixando o centro de gravidade e melhorando as dinâmicas deste automóvel.

O novo motor vem equipado com um turbocompressor ‘twin scroll’ e uma caixa de velocidades ZF automática de 8 velocidades.

Com uma potência máxima de 258 cv (190 kW) e um binário de 400Nm,este mini-Supra é capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 5,2 segundos.

A velocidade máxima está limitada a 250 km/h, com emissões de CO2 na casa dos 156 a 172 g/km.

Edição Limitada Fuji Speedway

Este Toyota GR Supra equipado com o motor 2.0 será uma edição limitada a 200 unidades para a Europa, sendo que para Portugal, estão destinadas apenas duas.

Para além da configuração do motor, esta versão traz ainda uma pintura especial ‘Gazoo Racing’ e jantes de 19” pintadas a preto.

Nota ainda para as inserções em fibra e carbono, no ‘cockpit’ deste pequeno avião de acrobacias.

VEJA TAMBÉM
Novo Toyota Gr Yaris é um três cilindros de 261 cv