Publicidade

Procura estatuto? Eis cinco SUV médios premium à venda em Portugal

Texto: Carlos Moura
Data: 24 de Novembro, 2023

A oferta de SUV não pára de aumentar e o segmento dos médios premium não é exceção. Decidimos dar uma olhada ao mercado para lhe deixar aqui cinco propostas que, não temos dúvidas, o satisfarão.

A marcas premium têm vindo a apostar na oferta de SUV de dimensões médias que oferecem um ambiente luxuoso e um elevado desempenho em todo-o-terreno. 

Regra geral estes veículos dispõem de um habitáculo amplo que permite acomodar confortavelmente cinco ocupantes e uma bagageira com uma generosa capacidade. O conjunto fica completo com um sistema de tração integral e um visual robusto e radical, que antecipa incursões em pisos difíceis, embora, na maioria dos casos, os proprietários raramente colocam uma roda fora do alcatrão ou de uma superfície em terra bastante lisa.

Neste artigo damos a conhecer cinco dos SUV premium de dimensões médias que se encontram em comercialização em Portugal. 

BMW X3

Lançado originalmente em 2003, o BMW X3 é uma das referências indiscutíveis do seu segmento, tendo a geração mais recente – a terceira – entrado em comercialização em 2018. Para enfrentar uma concorrência cada vez mais aguerrida, o BMW X3 viu reforçados os seus argumentos em parâmetros como a tecnologia, dinâmica e qualidade. 

Foto: Turbo

Com um comprimento de 4,71 metros e uma altura de 1,68 metros oferece muito espaço para os cinco ocupantes e também para as malas, já que a bagageira disponibiliza uma capacidade de 550 litros. No capítulo mecânico existem várias opções diesel e gasolina com potências entre 184 cv aos 360 cv. Além disso, a gama também conta com variantes com tração traseira ou integral.

A gama de motores, o comportamento dinâmico e a versatilidade são os aspectos positivos do BMW X3. Pela negativa há a destacar o excessivo número de opcionais e o seu preço. A versão de entrada do SUV médio premium da marca alemã está disponível a partir de 64.550 euros.

Lexus NX híbrido

O Lexus NX é a proposta da marca premium japonesa que está disponível com sistema de tração 4×2 ou 4×4, com caixa de velocidades automática, motorização híbrida e híbrida plug-in. A mais recente geração chegou ao mercado em 2022 e distingue-se por ter crescido dois centímetros no comprimento exterior para 4,66 metros e cinco milímetros na altura para 1,66 metros. 

O aumento da distância entre-eixos em 30 milímetros e da largura em 20 milímetros permitiu melhorar a habitabilidade para os cinco ocupantes. Bastante generosa também é a bagageira com os seus 549 litros. No capítulo mecânico está disponível uma versão híbrida (350h+) com 242 cv, com tração dianteira ou integral, e uma híbrida plug-in (450h+) com potência combinada de 306 cv e bateria de 18,1 kWh de capacidade que garante uma autonomia de até 63 quilómetros.

O Lexus NX destaca-se pela estética diferente, pelo silêncio de rolamento e pelas baixas emissões. A dinâmica de condução pouco entusiasmante e preços algo elevados, que vão dos 73.050 euros aos 81.700 euros são os pontos menos favoráveis.

Maserati Grecale

Rival assumido do Porsche Macan e desenvolvido com base na mesma arquitetura do “primo” Alfa Romeo Stelvio, o Maserati Grecale é o SUV de acesso da marca do tridente, contando com um comprimento exterior de 4,85 metros e uma altura de 1,67 metros. 

Graças a uma distância entre-eixos de 2,09 metros, o SUV de Modena garante uma elevada habitabilidade para os cinco ocupantes, enquanto a capacidade da bagageira é bastante generosa, com os seus 535 litros. No capítulo mecânico são propostas motorizações mild-hybrid de 2,0 litros e V6 3.0 que desenvolvem níveis de potência dos 300 aos 530 cv.

Entre os pontos positivos destaque para a extensa tecnologia a bordo, o comportamento dinâmico e a oferta mecânica. Menos positivo será o design que não agrada a todos. Quanto a preços, estes situam-se entre os 95.632 euros e os164.089 euros.

Mercedes-Benz GLC

O Mercedes-Benz GLC apareceu no final de 2015 como herdeiro do GLK e foi bem mais do que uma mera substituição, pois representou uma evolução em todos os capítulos e até ganhou uma versão coupé. A nova geração surgiu este ano e registou um crescimento no comprimento para 4,71 metros e na altura para 1,64 metros. 

A distância entre-eixos cresceu 15 milímetros para 2,88 metros, com reflexos ao nível da habitabilidade para os cinco ocupantes, mas também mais 45 litros de capacidade de carga – 545 l no caso das versões a gasolina, 390 l nos híbridos plug-in (PHEV).

No capítulo mecânico, o Mercedes-Benz GLC conta dois blocos a gasolina e dois diesel, todos eles micro-híbridos, graças à inclusão de um sistema elétrico de 48V, além de três híbridos plug-in, tanto de base gasolina, como diesel. Os níveis de potência vão dos 204 cv aos 380 cv. 

A estética, o espaço interior e a qualidade percebida são os principais atributos do Mercedes-Benz GLC. Menos positivo será o elevado ruído dos motores diesel e a extensa lista de opcionais. No que se refere a preços, estes vão dos 75.650 euros aos 85.250 euros.

Porsche Macan

“Irmão” mais pequeno do Cayenne, o Porsche Macan nasceu com o objetivo de ser o mais desportivo dos SUV de dimensões médias, apresentando um comprimento de 4,70 metros e uma largura de 1,62 metros. O habitáculo permite receber cinco ocupantes, enquanto a bagageira tem uma capacidade de 500 litros. As motorizações disponíveis oferecem níveis de potência dos 265 cv aos 440 cv.

O comportamento dinâmico, a agradabilidade de condução, as prestações, a possibilidade de ser usado como um familiar e a qualidade de construção são os seus principais argumentos. Menos positivo será o preço, que começa nos 88.911 euros e pode chegar aos 133.656 euros.