Mobieco

Publicidade

Smart está de regresso com um crossover elétrico com 272 cv

Texto: Carlos Moura
Data: 8 de Abril, 2022

A Smart está de regresso ao mercado como marca de veículos elétricos, sob a égide conjunta da Geely e da Mercedes-Benz. O primeiro modelo é o Smart #1, um crossover elétrico com 272 cv e autonomia de 440 km. 

O primeiro modelo da nova Smart é um crossover elétrico, que utiliza a nova plataforma elétrica SEA da Geely, estreada no mercado chinês com a shooting brake Zeekr 001 e que também servirá para o futuro SUV de entrada de gama da Volvo.

A “nova” Smart resultou de uma joint-venture entre a Mercedes-Benz e a Geely, quando foi decidido reinventar a marca para a mobilidade elétrica. Os dois parceiros partilham a gestão da marca, mas cada um tem as suas próprias responsabilidades. Assim, a Geely vai fornecer as plataformas e a Mercedes-Benz está encarregue do design.

Smart #1, um SUV elétrico com 4,27 m

Em termos de estilo, as linhas são bastante parecidas às do Smart Concept # 1 apresentado no ano passado. O exterior é inovador e avançado, incluindo elementos como puxadores das portas elétricos ocultos, portas sem moldura e o teto panorâmico que os utilizadores não esperam num automóvel desta categoria. 

O mesmo acontece no interior, onde a Smart apostou nos conteúdos tecnológicos, incluindo um interface do utilizador 3D baseado em inteligência artificial e controlado por comandos de voz. O habitáculo conta com um ecrã de 12,8” para os ocupantes, enquanto o condutor tem ao seu dispor de um painel de instrumentos digital de 9,2”. 

LEIA TAMBÉM
De nome #1. Smart agenda primeiro crossover elétrico ainda para 2022

Em termos de dimensões externas, o Smart #1 apresenta um comprimento de 4,27 metros, uma largura de 1,82 metros, uma altura de 1,64 metros e uma distância entre-eixos de 2,75 metros. O peso em vazio é de 1820 kg.

Bateria de 63 kWh

O primeiro Smart da nova geração está equipado com um motor elétrico de 200 kW (272 cv), alimentado por uma bateria NCM (níquel, cobalto, manganês) com uma capacidade de 66 kWh. O motor oferece um binário de 343 Nm, transmitido às rodas traseiras. A velocidade máxima anunciada é de 180 km/h. 

O novo crossover elétrico ainda não tem o consumo energético homologado, mas a sua bateria de 66 kWh deverá assegurar uma autonomia de aproximadamente 440 km, estando preparada para recuperar entre 10 a 80% da capacidade em 3h30 num carregador de 22 kW AC ou em menos de meia hora com recurso a um carregador ultrarrápido de 150 kW.

A Smart não revelou data de lançamento nem preços do novo crossover elétrico, mas tudo indica que seja comercializado primeiro na China e depois na Europa.