Publicidade

Chega em 2022. Skoda apresenta o renovado e mais sustentável Karoq

Texto: Francisco Cruz
Data: 4 de Dezembro, 2021

Tal como prometido, a Skoda deu a conhecer, esta terça-feira, dia de 30 de novembro, o mais recente restyling do Karoq. SUV que é também um dos modelos de maior sucesso na oferta da marca checa e que, com esta atualização, vê reforçada a modernidade… e sustentabilidade.

Com um percurso comercial já de quatro anos, o Skoda Karoq começa por ganhar, com a atualização agora oficialmente apresentada, alguns retoques na estética exterior, a começar nas ópticas dianteiras, mais esguias. E a que junta, além de uma nova grelha frontal, luzes diurnas, farolins e pára-choques, todos eles, igualmente redesenhados.

A par destas alterações, a presença de um novo e mais longo spoiler traseiro, na cor da carroçaria, um avental dianteiro com cortinas de ar, um depósito de combustível aerodinamicamente optimizado e jantes de novo design, com dimensões que poderão variar entre as 17 e as 18 polegadas. Ou, então e como opção, de 19″.

Skoda Karoq
Skoda Karoq

De resto e segundo afirma a marca de Mladá Boleslav, todas estas alterações acabaram trazendo, igualmente, ganhos aerodinâmicos, com o renovado Karoq a anunciar uma redução de 9% no coeficiente de aerodinâmica, que assim passa para 0,30. Tornando, também, o modelo, numa das propostas mais aerodinâmicas da sua classe.

LEIA TAMBÉM
Agendado para 30 novembro. Skoda mostra novas imagens do futuro Karoq

Aliás e ainda no domínio ambiental, a renovado Karoq pode receber, ainda, um pack ECO, o qual garante a aplicação de vários materiais sustentáveis no habitáculo, como é o caso do revestimento vegan nos assentos, com o efeito couro, mas produzido a partir de materiais reciclados. Ao mesmo tempo que, nas portas, o acabamento é feito numa micro-camurça, a que a marca deu o nome de ‘Suedia‘.

A gasolina… e Diesel

Ainda segundo a Skoda, o novo Karoq vai estar disponível com três níveis de equipamento e cinco motorizações, todas elas turbo-alimentadas. Das quais farão parte três blocos a gasolina e dois a gasóleo.

Skoda Karoq e Karoq Sportline
Skoda Karoq e Karoq Sportline

Assim e como motor de entrada, um três cilindros 1,0 litros TSI EVO a debitar 110 cv de potência e 200 Nm de binário, conjugado, de série, com caixa manual de seis velocidades, seguido, como motorização intermédia, de um quatro cilindros 1.5 TSI EVO de 150 cv e 250 Nm. E que tanto pode receber a anterior caixa manual, como uma automática DSG de sete velocidades.

Já como motorização topo de gama a gasolina, disponível apenas na versão Sportline, um 2.0 TSI Evo de 190 cv e 320 Nm, acrescida de uma transmissão DSG e tracção integral permanente.

Finalmente, a gasóleo, duas variantes do mesmo 2.0 TDI EVO, com potências que variam entre os 116 e 150 cv, assim como no binário. No primeiro caso, entre os 300 (caixa manual de seis velocidades) e 250 Nm (DSG 7 velocidades), ao passo que, no segundo, entre os 340 (caixa manual) e 360 (DSG 4×4).

Skoda Karoq Sportline
Skoda Karoq Sportline

Com painel de instrumentos digital de série

Passando à componente tecnológica, destaque para a presença, de série, de um novo painel de instrumentos 100% digital de 8″, por troca com a anterior solução analógica. Sendo que, como opção, um Virtual Cockpit maior nas dimensões, de 10,25″.

Igualmente reforçado, foi o conjunto de equipamentos de apoio à condução e que, assim, passou a contemplar travagem autónoma de emergência à frente, protecção contra peões, controlo de cruzeiro adaptativo e reconhecimento de sinais de trânsito. Não faltando, igualmente, um reforço da conectividade, através da possibilidade de emparelhamento de smartphone através de Android Auto ou Apple CarPlay, assim como do carregamento wireless.

Skoda Karoq restyling
Skoda Karoq restyling

De resto e a marcar a diferença na versão Sportline, a presença, de série, de faróis de matriz LED, pacote estético exterior Black Pack e rodas de 18 polegadas.

Para 2022

Embora para já sem divulgar preços, a Skoda anunciou, ainda, que o renovado Karoq deverá entrar em comercialização no próximo ano.