Publicidade

Santos e Vale reforça frota com 20 camiões Volvo e Renault mais eficientes

Texto: Carlos Moura
Data: 15 de Julho, 2022

A Santos e Vale adquiriu 20 novos camiões para baixar anualmente as emissões da frota em cinco por cento. O investimento compreende dez tractores GNL da Volvo Trucks e dez megacamiões da Renault Trucks.

No âmbito da sua política de transição energética, a Santos e Vale reforçou a sua frota com 20 novos camiões, incluindo dez conjuntos euromodulares (megacamiões) à Renault Trucks e dez tractores movidos a gás natural liquefeito (GNL) à Volvo Trucks.

Segundo a empresa, a nova frota permitirá reduzir em cinco por cento as emissões anuais de dióxido de carbono para a atmosfera.

Conjunto euromodular Renault Trucks

O investimento estás inserido na política ambiental da Santos e Vale, a qual, conta com várias ações para promover a economia circular e o desperdício zero em todas as áreas da empresa.

Reconversão da frota

“A nossa política ambiental, que existe há vários anos, conta com diversas ações com o objetivo da redução da nossa pegada de carbono”, refere Joaquim Vale, administrador da Santos e Vale.

“Nesta senda temos efetuado varias iniciativas, como a reconversão da frota a diesel para veículos a gás natural e eletricidade, a otimização das rotas dos nossos veículos de transporte e distribuição”, sublinha o responsável. 

A diminuição do impacto ambiental passa ainda pela utilização de veículos elétricos com zero emissões de CO2 por parte da equipa comercial, pela instalação de painéis fotovoltaicos nas nossas plataformas logísticas e pela a redução do papel em todas as áreas da empresa.

LEIA TAMBÉM
Santos e Vale assinala o 40º aniversário

“Neste último ponto, trabalhamos com  processos de digitalização e implementamos ferramentas informáticas que nos permitem reduzir o papel utilizado em cerca de 90%.

Sabemos que não vamos mudar o Mundo, mas o pouco que consigamos fazer pelo ambiente, apesar do enorme investimento associado, estamos a fazê-lo pelos nossos filhos.”, acrescenta Joaquim Vale, administrador da Santos e Vale.

Baixar pegada de carbono em 10%

Até final de 2022, a empresa conta reduzir a sua pegada carbónica em mais de dez por cento Para isso em muito está a contribuir toda a partilha de informação gerada pelo programa europeu Lean&Green da GS1, no qual a empresa entrou em 2020, tendo recebido pelas mãos do Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa a distinção do programa, e onde se comprometeu a reduzir a emissão de carbono em 20% em 5 anos.

Frederico Santos – Diretor Comercial NORS/Volvo Trucks e Armindo Vale – Administrador do Grupo Santos e Vale

A Santos e Vale é o operador logístico mais eficiente em Portugal, com a maior rede de plataformas de distribuição: 20 plataformas distribuídas em território nacional, o que permite otimizar e reduzir os raios de distribuição e prestar um serviço mais inteligente e com menos impacto ambiental.