Mobieco

Publicidade

Chega em 2023? Renault confirma 5 EV para somar a Zoe, Twingo… e Clio

Texto: Redação
Data: 19 de Janeiro, 2021

Anunciado o regresso do Renault 5, agora na forma (exclusivamente) de elétrico (EV), ao abrigo do novo plano estratégico ‘Renaulution’, a Renault veio já, entretanto, garantir que, este regresso, não significa o fim de qualquer um dos elétricos, ou propostas para o segmento B, como é o caso do Clio, atualmente em comercialização.

Numa altura em que anuncia, e assume, um acelerar rumo à Mobilidade Elétrica, a Renault demonstra, assim, com o ressuscitar do icónico Renault 5, que o número de propostas elétricas, no seio da marca, continuará a crescer. Não desaparecendo, com a chegada deste 5 de ar retro, qualquer um dos actuais EV – Zoe, Twingo… – em comercialização.

Aliás e segundo avançou já a britânico Autocar, citando o novo chefe de design da Renault, Gilles Vidal, nem mesmo o Clio, modelo que em termos dimensões deverá rivalizar com o futuro 5, tem a existência em risco. Com Vidal a garantir que o Renault 5 EV “não se destina a substituir o Clio, tal como existe”… ainda que também nada esteja garantido.

Na opinião deste mesmo responsável, “chegou a hora de desafiar tudo aquilo que existe, neste momento. Não se trata, no entanto, de substituir o Clio, tal como existe, ainda que possam existir interrogações relativamente ao Clio e ao Captur: o que representam, que tipo de energia devem utilizar dependendo dos regulamentos de cada país – e isso muda todos os meses.”

LEIA TAMBÉM
Irá a Renault recuperar designações clássicas para os veículos elétricos?

No entender de Vidal, “precisamos de ser capazes de nos adaptar a tudo o que se refere com a estratégia global de produtos e soluções de energia”. Embora e “não tenhamos, neste momento, qualquer certeza absoluta quanto à possibilidade disto vir a substituir alguma coisa, se olharmos para o segmento B, seja possível dizer que talvez existam muitos concorrentes neste momento e algum, ou alguns, tenham de desaparecer. Agora, não posso dizer qual, neste momento”.

Apesar destas declarações do director de design da marca francesa, a verdade é que, também o vice-presidente do Grupo Renault, Laurens van den Acker, veio já garantir publicamente que o Zoe, um rival – em termos de dimensões, bem entendido… – do Renault 5 Concept, vai continuar em comercialização. Até porque, acrescente-se, não faltam razões para tal; a começar, desde logo, pelo facto de ser, por estes dias, o elétrico mais vendido na Europa. O que, diga-se, garante-lhe um estatuto que a Renault não quererá, certamente, beliscar…

O Renault Zoe tem a seu favor o facto de ser o veículo elétrico mais vendido na Europa

Recorde-se que a versão de produção do Renault 5 elétrico deverá ser oficialmente apresentada apenas em 2023, à partida, em conjunto com uma já muito falada – mas ainda não confirmada – versão também elétrica da “eterna” Renault 4L.