Mobieco

Publicidade

Sem espinhas! Portugal arrasa Espanha nas vendas de elétricos

Texto: Carlos Moura
Data: 10 de Janeiro, 2023

A mobilidade elétrica está mais avançada em Portugal do que em Espanha e comparativamente o nosso país vende mais elétricos do que o vizinho. As preferências dos automobilistas relativamente às marcas são bastante diferentes. 

Conhecidas as matrículas relativas ao ano de 2022 verifica-se que as vendas de veículos elétricos registaram um maior sucesso em Portugal do que em Espanha, tendo o nosso país cumprido as metas europeias, ao contrário do ocorrido no outro lado da fronteira.

No mercado português foram matriculados 17.817 automóveis elétricos em 2022, o que corresponde a 11,4% do total. Por seu lado, em Espanha foram vendidas 36.452 unidades, o que significa que num país com um parque automóvel muito superior, os elétricos não passaram dos 3,8%, ficando a Espanha muito longe da meta de Bruxelas dos referidos 10%. 

Tesla foi a marca líder nas vendas de elétricos em Portugal e Espanha em 2022

Além disso, Portugal também leva vantagem no crescimento entre 2022 e 2021. Assim, as vendas de elétricos aumentaram 34,4%, enquanto no país vizinho subiram 31,3%.

Curiosamente, a Tesla foi a marca que mais automóveis vendeu nos dois países. Em Portugal matriculou 2616 unidades, enquanto em Espanha foram 4542. No país vizinho, a segunda marca mais vendida foi a Fiat com 1867 veículos e em Portugal também foi uma insígnia do Grupo Stellantis, mas a Peugeot com 1603 veículos.

No lugar mais baixo do pódio, as preferências dos consumidores também foram diferentes, com os espanhóis a optarem pela Kia, com 1517 unidades, e os portugueses pela BMW, com 1583 unidades. Relativamente ao quatro lugar, o comportamento do mercado também não foi igual com os portugueses a voltarem a optar por uma marca premium, a Mercedes-Benz, com 1462 matrículas, e os espanhóis por uma generalista, a Citroën, com 1462 matrículas.

Incentivos maiores em Espanha a particulares

Os incentivos concedidos pelos Governos do dois países da Península Ibérica. Em Espanha, os particulares beneficiam de um apoio à aquisição no valor de 4000 euros, enquanto no nosso país não vai além dos 4000 euros.

LEIA TAMBÉM
Quer comprar um carro elétrico? Conheça os incentivos do Estado para 2022

Por outro lado, as empresas em Portugal beneficiam da isenção do pagamento de IVA em aquisições até 62.500 euros, além da isenção da taxa de tributação autónoma que incide sobre a utilização do veículo. Os incentivos às empresas ajudam a explicar uma penetração mais rápida dos veículos elétricos em Portugal do que em Espanha.