Mobieco

Publicidade

Opel Experimental antecipa as novas tendências da marca

Texto: Carlos Moura
Data: 10 de Agosto, 2023

Com o objetivo de dar a conhecer as novas tendências da marca em termos de design e tecnologia, a Opel desenvolveu o protótipo Experimental, baseado na plataforma STLA Medium da Stellantis. Este crossover elétrico vai ser apresentado ao público no IAA Mobility de Munique.

O crossover elétrico Opel Experimental foi revelado oficialmente pela marca alemã com o objetivo de proporcionar uma visão do rumo que irá ser tomado relativamente à nova geração de veículos de produção em termos de design e possível integração de tecnologia.

O Opel Experimental vai ser apresentado ao público no IAA Mobility deste ano, que decorre em Munique de 5 a 10 de setembro de 2023. Este protótipo foi projetado a partir daquilo que a marca alemã denomina como “plataforma BEV de última geração da Stellantis”, e está também equipado com tração elétrica integral.

As dimensões externas do Opel Experimental posicionam-no no segmento C, já que deverá ser mais pequeno do que o Tesla Model Y, mas idêntico ao SUV compacto Opel Grandland, o qual deverá assentar na plataforma STLA Medium.

“O Opel Experimental proporciona uma perspetiva sobre os próximos modelos e tecnologias, sobre o design futuro, até mesmo sobre uma nova era e o futuro da marca. Este espantoso ‘concept car’ representa uma luz orientadora e mostra mais uma vez o espírito pioneiro da Opel”, refere o CEO da Opel, Florian Huettl. 

Ausência de cromados

A marca alemã reivindica que a caraterística mais singular do protótipo Experimental consiste na ausência de cromados na silhueta esguia, substituídos por uma iluminação exterior e gráficos contrastantes arrojados conferem personalidade e sofisticação às proporções já de si impressionantes.

Na parte frontal sobressai o novo Blitz iluminado da Opel situa-se orgulhosamente no centro da assinatura Opel Compass, o elemento orientador da filosofia de design da Opel. É ladeado pela iluminação de assinatura em forma de asa alongada no eixo horizontal, enquanto o vinco central iluminado acrescenta mais dramatismo. 

Na traseira destaque para a assinatura da luz de travagem em forma de bússola, criada pela tecnologia de iluminação de vanguarda e pela sofisticada transparência do vidro. Isto combina-se com as letras Opel arrojadas – em vez do logótipo Blitz na traseira – para formar o elemento central. 

À volta da bússola dianteira encontra-se a nova geração do Opel Vizor 4D. A dimensão extra é a adição de tecnologias de visão avançadas, incluindo sensores, sistemas Lidar, radar e câmara. 

Perfil otimizado para a eficiência

A silhueta elegante e fluida é concebida com base numa configuração muito eficiente, ao mesmo tempo que o protótipo também apresenta soluções aerodinâmicas inteligentes e otimizadas. Os defletores aerodinâmicos à frente e atrás aumentam a eficiência, tal como o difusor traseiro. Este estende-se ou retrai-se consoante a situação de condução em vigor. 

LEIA TAMBÉM
Opel Astra. Futura geração atualiza-se (também) com nova frente Vizor

Por outro lado, os pneus desenvolvidos em cooperação com a Goodyear são fabricados a partir de borracha reciclada e assentam em jantes Ronal de três zonas com uma função ativa para aumentar ainda mais a eficiência aerodinâmica.

Espaço de segmento D

Apesar das dimensões exteriores posicionarem o Opel Experimental no segmento C, o interior oferece o espaço que se aproxima ao de um segmento D. Segundo a marca, isso tornou-se possível graças à libertação de espaço (detox) no habitáculo.

Outra caraterística inovadora é a possiblidade de rebatimento do volante quando não é necessário. Isso só é possível graças ao sistema “steer-by-wire”, que reduz ainda mais o peso ao eliminar os componentes mecânicos da direção. 

Por outro lado, os bancos ligeiros adaptativos combinam uma estrutura leve, mas duradoura, com tecidos de tecnologia de malha 3D. Estes asseguram o excelente conforto dos bancos a que os clientes se habituaram nos automóveis Opel, ao mesmo tempo que contribuem para a libertação de espaço no interior do protótipo. 

A abordagem detox é retomada com a Pure Experience. Os condutores podem personalizar a informação de acordo com as suas necessidades no elegante Tech Bridge, uma nova interpretação do Pure Panel presente nos atuais modelos Opel. Em vez de ecrãs convencionais, a informação ou o entretenimento são apresentados utilizando tecnologia de projeção aumentada apoiada por inteligência artificial e controlo por voz natural.