Mobieco

O que os portugueses pensam dos veículos elétricos

Texto: Nuno Fatela
Data: 24 Janeiro, 2019

Somos o povo da Europa Ocidental com mais interesse em adquirir um veículo elétrico durante os próximos cinco anos, mas ainda é necessário desmistificar algumas características destas viaturas. Saiba a relação entre os portugueses e os veículos elétricos, que foi publicada pelo Observador Cetelem…

Foi revelado o Observador Cetelem 2019, um abrangente estudo realizado a condutores de 16 países para reconhecer a sua visão sobre este mercado e as intenções para o futuro. O estudo deste ano revela muitos dados interessantes sobre a relação entre os portugueses e os veículos elétricos, onde se destaca desde logo os 92% de cidadãos nacionais que acreditam no futuro destas motorizações. No entanto, ainda existem algum desconhecimento e medos infundados sobre esta nova realidade, como poderá ver na fotogaleria seguinte, que nos mostra como os portugueses vêm os veículos elétricos.

31% dos portugueses afirma que poderá comprar um veículo elétrico nos próximos cinco anos. Mais do que a média mundial, de 27%.
Entre as características que mais associam a estes automóveis são o facto de serem ecológicos (94) e que eles podem baixar os valores dos gases poluentes (94%).
38% das pessoas afirma que eles poluem menos que os automóveis com motores de combustão interna. 42% diz que isso depende da origem da energia usada no carregamento
O elevado preço (60%), baixa autonomia (49%) e tempo de carga (41%) são considerados os principais entraves à aquisição
Aliás, 87% dos portugueses considera que os veículos elétricos ainda são mais caros.
49% considera que eles são muito mais caros que os veículos com motores de combustão interna, e 36% que os preços estão um pouco acima destas alternativas
49% das pessoas não faria qualquer esforço financeiro adicional para comprar um destes automóveis de emissões 0
50% dos entrevistados desconhece se existem incentivos estatais à aquisição. E há 16% de pessoas que acredita mesmo que esses apoios não existem
Os homens portugueses estão mais interessados em comprar um EV que as mulheres. 51% pondera avançar nesse sentido nos próximos cinco anos, contra apenas 39% das entrevistadas do sexo feminino
Caso se confirmem as intenções de compra já referidas, em 2030 os veículos elétricos podem representar 32% de todo o mercado nacional
O grupo etário mais interessado neste negócio é entre 25 e 34 anos (51%).
Apenas 8% dos condutores nacionais não compraria um elétrico por falta de confiança neles. Mas só 42% os consideram fiáveis e sem avarias, Mas, felizmente, só 4% acha que eles são perigosos.
80% ainda associa estes veículos a uma autonomia limitada e 68% afirma que um tempo de carga prolongado é um traço característico desses automóveis
Talvez por isso, 4/5 associa a posse de um veículo elétrico a pessoas com pontos de carga em casa ou no trabalho
87% dos portugueses diz que a condução dos veículos elétricos é suave, e 81% que eles arrancam depressa
Sobre a autonomia necessária para comprar um veículo elétrico, 16% afirma que seria necessário que ela fosse entre 400 e 499km. 26% diz que seria necessário mais de 500km, e há 16% de pessoas que nunca compraria um elétrico
Com o carregamento a revelar-se essencial, 84% dos portugueses diz que não existem pontos de carga suficientes.
E 56% adiciona que eles estão colocados nos locais errados
De referir ainda que 91% das pessoas entrevistadas em solo nacional considera que a produção e tratamento das baterias usadas é um problema ambiental grave
Quase 60% dos inquiridos diz que os veículos elétricos são destinados a quem vive nas grandes cidades.
84% diz que oferta de modelos por parte das marcas ainda é escassa.
66% dos portugueses sabe que os veículos elétricos necessitam menos manutenção, e 83% reconhece que a sua utilização é mais económica
64% acredita que a duração das baterias é muito curta. O Observador Cetelem mostra ainda que 25% dos portugueses considera que as baterias duram 3 a 4 anos e 16% que duram menos de dois anos. ¼ dos inquiridos diz que duram entre 5 e 10 anos
65% dos inquiridos em Portugal diz que sabe como funciona um veículo elétrico. Mas 73% afirma que a informação que existe neste campo ainda é escassa

Fonte: Observador Cetelem 2019

 

Veja também:

Estes são os veículos elétricos que os portugueses compraram em 2018
Nissan introduz edição limitada do Leaf com mais autonomia
Renault faz de Porto Santo a primeira ilha inteligente do mundo

Partilhar