Mobieco

Publicidade

Com a mesma base do Renault 5 EV. Nissan Micra vai ter sucessor 100% elétrico

Texto: Francisco Cruz
Data: 27 de Janeiro, 2022

Com o atual Micra já sem a expressão comercial de outros tempos, a Nissan prepara já um sucessor… 100% elétrico. O anúncio foi já feito pela própria marca japonesa, confirmando a ligação umbilical deste novo modelo, com o futuro Renault 5 EV.

Segundo avança a Nissan, o sucessor do atual Micra, terá como mercado preferencial a Europa. Onde, muito provavelmente, chegará, a partir de 2024.

Em declarações reproduzidas pela Autocar, é o próprio director de operações da Nissan, Ashewani Gupta, que revela que, o sucessor do atual Micra, será um “modelo totalmente novo, projectado pela Nissan, em conjunto com a Renault, que terá igualmente a seu cargo a produção”. Acrescentando que, o modelo utilizará “a nossa nova plataforma comum, como forma de maximizar os ativos da Aliança, sem abdicar, no entanto, daquela que é a essência Nissan”.

A primeira imagem daquele que poderá ser o futuro Micra EV, com base na plataforma CMF-BEV. A mesma do Renault 5 EV...
A primeira imagem daquele que poderá ser o sucessor 100% elétrico do Nissan Micra, com base na plataforma CMF-BEV. A mesma do Renault 5 EV…

Sobre esta nova plataforma, de nome CMF-BEV, e específica para veículos 100% elétricos a bateria, importa também dizer que será igualmente utilizada pela Renault, como base para o futuro Renault 5 EV. Sendo que, pela confifguração que apresenta, deverá permitir autonomias acima dos 400 quilómetros.

Ainda de acordo com os dados já divulgados, esta nova plataforma CMF-BEV servirá de base para qualquer coisa como 250 mil veículo por ano, não apenas com o logótipo da Renault e da Nissan, mas também da Alpine.

LEIA TAMBÉM
Desfeitas as dúvidas. Nissan prepara eletrificação do GT-R

Segundo a Aliança, esta nova solução tecnológica deverá permitir uma redução de 33% nos custos, além de um corte de 10% nos consumos. Isto, quando comparada com a atual solução utilizada, por exemplo, no elétrico Renault ZOE.

De resto e já numa perspectiva de futuro, refira-se que a CMF-BEV será apenas uma das cinco novas plataformas para veículos elétricos que a Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi tem previsto lançar, ao abrigo do novo programa de desenvolvimento tecnológico que já abarca, por exemplo, o novo Nissan Ariya, ou o Renault Mégane E-Tech Electric.

Destas plataformas, fará parte uma para veículos comerciais ligeiros, outra para veículos micro (também conhecidos como Kei) muito populares no japão, assim como a CMF-AEV, de concepção mais económica, e que a Aliança já aplicou no Dacia Spring.

Finalmente, a Aliança revela, ainda, que, estas novas plataformas, servirão um total de 35 novos modelos, a lançar até 2030, materializando assim o já previsto investimento de 23 mil milhões de euros na eletrificação, durante os próximos cinco anos.