Publicidade

Bentley. Edição especial Mulliner Batur revela nova linguagem de design

Texto: Carlos Moura
Data: 1 de Setembro, 2022

O Batur é uma edição limitada do Mulliner que antecipa a nova linguagem de design da Bentley e também é o seu modelo potente de sempre com 740 cv. 

A Bentley inicia uma nova fase na linguagem de design da futura gama de veículos elétricos a bateria com o Mulliner Batur, um grande coupé de duas portas, cuja produção está limitada a 18 unidades e já todas reservadas por clientes da marca britânica de automóveis de luxo.

A edição limitada Batur vem suceder ao Bacalar, uma série de 12 barchettas que foram especificadas individualmente, desenhadas e construídas à mão, relançando a construção de carroçarias na Bentley. 

À semelhança do seu antecessor, a designação Batur tem origem um belíssimo corpo natural de água, neste caso um lago com 88 metros de profundidade, localizado numa cratera com 16 km2 em Kintamani na ilha de Bali, Indonésia, e fornece água rica em nutrientes tanto para as fontes termais locais como para a agricultura.

Motor W12 de 740 cv 

O Batur será igualmente o Bentley mais potente de sempre, estando dotado com um motor W12 biturbo de 6,0 litros, montado à mão, com 740 cv.

Como este motor deverá ser descontinuado devido ao percurso de transformação da Bentley em direção à eletrificação total, o Batur é a primeira parte de uma celebração da extraordinária potência, binário e refinamento do W12. 

A performance do motor será compatível com o chassis Bentley mais avançado de todos os tempos, com suspensão pneumática com afinação Speed, controlo ativo elétrico anti rolamento, eLSD, quatro rodas direcionais e vectorização de binário.

LEIA TAMBÉM
Bentley Mulliner Bacalar inspirou-se no concept EXP 100 GT

As 18 unidades do Mulliner Batur já têm destinatários, embora cada uma custe cerca de 1,91 milhões de euros (1,65 milhões de libras). Cada unidade será configurada em colaboração com o cliente, que poderá escolher a cor e o acabamento de quase todas as superfícies para criar um automóvel exclusivo e individual. 

Cada Batur será depois trabalhado à mão ao longo de vários meses nas instalações da fábrica neutra em carbono da Bentley em Crewe, Inglaterra, com as primeiras entregas previstas para meados de 2023.

Design poderoso e inspirador

O Batur antecipa os princípios de design que estão a motivar o desenvolvimento do primeiro BEV da empresa – previsto para 2025 – e as famílias de automóveis que se seguem.

“Imaginámos uma nova linguagem de design Bentley, mantendo alguma continuidade com o passado e o presente, enquanto alterámos drasticamente elementos-chave,” explica Andreas Mindt, Diretor de Design da Bentley.

““O design de um Bentley moderno deve ser sempre poderoso, inspirador e harmonioso. A forma tem de ser forte e robusta, mantendo-se ao mesmo tempo graciosa – deve haver um fluxo elegante e vigoroso”, adianta o responsável.

“Um capt longo tem sido sempre uma marca de poder e prestígio. Os nossos novos pormenores de design incluem uma linha que se estende desde o capot ao longo de todo o comprimento do automóvel, ligando-o à carroçaria, tornando o automóvel longo e elegante, dando uma proporção alongada à secção dianteira. Chamamos a esta característica o “endless bonnet” e é o único destaque que realça a forma mais nítida”, refere Andreas Mindt,

“Na parte da frente do automóvel, modernizámos a famosa grelha Bentley e tornámo-la mais baixa e vertical, para dar um aspeto mais forte e uma postura mais dominante. Esta elegância vertical traz autoconfiança com uma postura de luxo. A grelha é rodeada por uma nova forma e desenho do farol, uma evolução do design utilizado no Bacalar, mantendo um único farol grande de cada lado. Estes são combinados com farolins totalmente novos atrás, que se encontram de ambos os lados de um spoiler destacável,” salienta o Diretor de Design da Bentley.