Publicidade

Parte de uma revolução. Mini mostra futuro Mini 3 portas… de camuflado

Texto: Francisco Cruz
Data: 4 de Novembro, 2021

Agendada para 2023, a próxima geração Mini 3 portas acaba de dar a conhecer a sua primeira imagem oficial, ainda que fortemente camuflado. Mas que já não esconde a certeza de que, além da revolução prometida para a própria marca, chegará, ele próprio, tanto com motores de combustão, como com propulsores elétricos.

A divulgação destas primeiras imagens foi, de resto, feita pela própria marca britânica, com a garantia de que, mesmo com as repercussões do Brexit, o Mini 3 portas continuará, assim como a sua versão Convertible, a ser produzido em Oxford. Cidade que se manterá, dessa forma, como “a casa da marca Mini“.

Quanto ao modelo propriamente dito, nem mesmo a forte camuflagem consegue esconder o facto da próxima geração manter o aspecto “quadrado” e compacto, que, desde o renascimento do modelo, tem estado na base do sucesso. Embora e a partir daqui, com nova iluminação, conjugada com uma profunda renovação da imagem geral.

Eis o futuro Mini 3 portas... ainda de camuflado
Eis o futuro Mini 3 portas… ainda de camuflado

Relativamente às motorizações, a garantia, desde já, de que o modelo manterá, não só os motores de combustão, como também a solução elétrica, com a Mini a prometer uma “elevada eficiência, tanto da parte dos motores a gasolina, como do Diesel”. Os quais continuarão a ser comercializados “em países e regiões” que não estão ainda maduros para fazer a passagem para a Mobilidade Elétrica.

LEIA TAMBÉM
Anúncio chega esta semana. Mini torna-se exclusivamente elétrica em 2030

Embora mostrado, para já, apenas na variante de três portas, a britânica Autocar avança a possibilidade do modelo poder vir a a manter, também, a carroçaria de cinco portas. Ainda que, pelo menos para já, tal não esteja oficialmente confirmado.

Seja como for, certo é que a nova geração estreará um habitáculo totalmente novo, marcado por tecnologia capaz de acentuar a personalização e a possibilidade de adequar o carro à personalidade e gostos do proprietário. Nomeadamente, através da inclusão de “superfícies que atuam como ecrãs, que o condutor pode personalizar”.

Mini 3 portas não chegará sózinho

De resto e conjunto com este novo hatchback de três portas, deverão ser igualmente apresentados dois novos e pequenos modelos, totalmente desenvolvidos na China. E que, segundo alguns rumores já surgidos, poderão ser o ultracompacto Minor e o já aguardado crossover compacto, cujo posicionamento será abaixo do actual Countryman.

O Countryman é, atualmente, o único Mini com ambições offroad
O Countryman é, atualmente, o único Mini com ambições offroad

Estes dois novos modelos serão produzidos pelo parceiro chinês da Mini, a Great Wall Motors, e terão por missão ajudar a marca britânica a alcançar o objectivo de chegar a 2027, com 50% das suas vendas mundiais feitas por modelos 100% elétricos. Isto apesar destes modelos terem comercialização prevista também com motores de combustão.

Ainda assim, a Mini anunciou já a intenção de lançar aquele que será o seu último modelo com motor de combustão, em 2025.

Urbanaut será produzido… e JCW será elétrico

Igualmente com produção garantida, surge, agora, o concept Urbanaut, embora, não necessariamente, com as linhas mostradas pelo estudo de design. Sendo que a Mini revela estar a desenvolver “um novo conceito de veículo, para o segmento dos compactos premium”, que procurará replicar as noções de espaço, conforto e flexibilidade, estreadas no futurista MPV.

O Mini Urbanaut Concept
O Mini Urbanaut Concept

Finalmente, também repensada, está a ser a versão mais desportiva John Cooper Works (JCW), com a Mini a garantir que está a desenvolver, “de forma intensiva”, propostas EV emocionantes. Com a Autocar a recordar a informação avançada no início do ano e que refere que, o primeiro modelo do género, será uma versão mais hardcore do Mini Electric, com influências no estilo do radical pace car utilizado na Fórmula E, revisões de chassis e a aplicação das soluções dinâmicas da JCW, neste modelo 100% EV.